Corinthians

Corinthians perde pela primeira vez para time da Bolívia e tem pior estreia em Libertadores no século

Corinthians sofreu derrota histórica na Libertadores. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians.

A estreia do Corinthians na Libertadores em 2022 foi muito diferente da esperada pelos torcedores. Além da derrota para o Always Ready, o Time do Parque São Jorge teve uma atuação abaixo da crítica e culminou em recordes negativos.

                 

Esta foi a primeira vez na história que o Timão perdeu para uma equipe boliviana em Libertadores. Nos seis primeiros jogos, contra The Strongest, Jorge Wilstermann e San Jose, duas vezes contra cada, o Corinthians venceu em quatro ocasiões e empatou duas vezes. Na noite desta terça-feira, no entanto, conheceu o primeiro revés para um time do país andino.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

A partida marcou também a pior estreia do Corinthians na competição continental no Século XXI. Desde 2001, o Alvinegro participou da Libertadores 11 vezes e perdeu na primeira partida apenas duas vezes. Em 2020, quando caiu na fase preliminar e foi derrotado por 1 a 0 para o Guaraní-PAR e em 2022 voltou a perder, desta vez por 2 a 0.

Derrota rendeu recordes negativos ao Corinthians na Libertadores. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians.

Durante entrevista coletiva após o jogo, o técnico Vítor Pereira afirmou que tinha conhecimento do estilo do Always Ready, mas ainda assim sofreu com os oponentes. “Começamos o jogo com o pênalti, perdendo de um a zero. Tenho minhas dúvidas no lance. Mas sabíamos perfeitamente que o adversário ia jogar em casa, com a bola que ganha velocidade”, disse.

+ Vítor Pereira diz ter visto bom primeiro tempo, mas lamenta derrota do Corinthians: ‘Manter o equilíbrio’

Apesar da justificativa do comandante, o fato é que o Corinthians terá pouco tempo para fazer ajustes com calma e terá que praticamente trocar as peças de um trem em movimento, já que com o início da Libertadores e do Brasileirão de forma quase simultânea fará com que a rotina de jogos quarta e domingo seja mais frequente.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo