Internacional

Coudet exalta D’alessandro e justifica poucos minutos do ídolo em campo

Ricardo Duarte/Internacional
— Continua depois da publicidade —

Em coletiva de imprensa após o empate contra o Grêmio por 1 a 1, válido pela 13ª rodada do Brasileirão, o técnico Eduardo Coudet foi questionado sobre a pouca utilização de Andrés D’alessandro. O camisa 10 do Internacional participou do clássico por apenas 29 minutos, mas foi o suficiente para mudar a postura da equipe, dando trabalho para a defesa gremista. Coudet não escondeu a admiração pelo futebol do conterrâneo:

– D’alessandro é um grande profissional, é um superdotado – disse o treinador. Ex companheiro de D’ale nos gramados pelo River Plate, Coudet ainda brincou: “Com esta idade eu já estava em casa”.

No clássico, D’alessandro foi responsável por dar 3 passes decisivos, um deles deixando Thiago Galhardo cara a cara com o goleiro Vanderlei. Além disso, auxiliou o time na marcação, muito presente no setor defensivo.

Mesmo destacando a habilidade e potencial físico de D’alessandro, Chacho Coudet ressaltou a idade do atleta e disse não poder exigir 90 minutos de Andrés. “Ele é um jogador importante e temos que utilizá-lo da melhor maneira”, afirmou.

O Internacional é vice-líder do Brasileirão com 22 pontos, apenas dois atrás do Atlético-MG. A próxima partida é fora de casa contra o Bragantino – na parte de baixo da tabela-, nesta quinta-feira, às 21h.

Para saber tudo do Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top