Ceará

Duelo entre Fluminense e Ceará terá “reencontros”

Foto: Divulgação / CearaSC
— Continua depois da publicidade —

Bastante conhecida no mundo do futebol, a famosa “lei do ex” pode acontecer no duelo entre Fluminense e Ceará, neste sábado (17), no Maracanã. As equipes se enfrentam pela 17ª rodada do Brasileirão e cada lado terá três atletas que, no passado, vestiram a camisa do adversário desta noite. Rafael Sóbis, Vina e Mateus Gonçalves já defenderam o Tricolor das Larajneiras assim como Egídio, Caio Paulista e Felippe Cardoso já aturam no Alvinegro de Porangabuçu.

O mercado da bola muda bastante e quem hoje defende um lado amanhã pode estar apoiando o outro. Ao entrar em campo, Fluminense e Ceará estarão buscando as vitórias e três jogadores de cada lado conhecem um pouco da filosofia de seu adversário.

Pelo lado da equipe carioca, Egídio e Felippe Cardoso já foram atletas do Ceará, assim como Caio Paulista que em 2015 passou pelas categorias de base do Vovô. Entre os três, Cardoso foi o que mais atuou com a camisa alvinegra. Foram 18 jogos pela Série A do Brasileirão, mas somente dois gols e atuações que não deixara saudades no torcedor cearense. O lateral Egídio esteve na equipe de 2011 que acabou sendo rebaixada para à Segunda Divisão Nacional ao fim da competição. Titular na maioria das partidas, esteve em campo 13 vezes e marcou um gol no empate por 1 a 1 com o Atlético – GO. Caio Paulista foi atleta do Sub-17 do Alvinegro e não chegou a jogar pela equipe profissional.

Na equipe cearense também há três ex-atletas do Fluminense. Em quatro temporadas seguidas, Rafael Sóbis disputou 174 jogos e marcou 40 gols, além de ter sido essencial na conquista do Campeonato Brasileiro 2012.

Bastante rodado, o artilheiro alvinegro Vina esteve no tricolor em 2015 e atuou em 39 jogos, entre titularidade e reserva, marcando quatro gols. Agora no Vovô, o goleador balançou as redes 12 vezes em 35 partidas, além de ser líder de assistências com 10 passes para gols.

O “raio” de Porangabuçu também vestiu as cores branco, verde e grená no passado. Emprestado pelo Tijuana – MEX, Mateus Gonçalves esteve no time do Rio de Janeiro em 2018, mas acabou não tendo muito espaço e disputou apenas oito jogos. Nenhum gol foi marcado. As equipes se enfrentaram em 2019 pelo Brasileirão e o atacante marcou nos dois jogos. Em partida na capital carioca, o gol do ponta foi anulado por impedimento. Já na Arena Castelão, Mateus foi autor do segundo gol na vitória alvinegra por 2 a 0 sobre o Fluminense e, na época, ajudou a equipe se afastar da zona de rebaixamento.

Com 18 pontos somados, o Ceará está na 13ª posição e apenas dois pontos acima do Coritiba, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento. Uma vitória ajudaria o Vovô a manter distância do Z4. Quinto da tabela, o Fluminense somou 28 pontos e, caso vença, pode entrar na zona de classificação para a Libertadores, desde que o São Paulo, quarto com 26, não vença sua partida contra o Grêmio.

Duelo entre tricolores e alvinegros acontece às 19h, no Maracanã, neste sábado (17), pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top