Conmebol Libertadores

Em jogo equilibrado no Castelão, Fortaleza e Estudiantes empatam pela Libertadores

Em jogo equilibrado no Castelão, Fortaleza e Estudiantes empatam pela Libertadores
Foto: Mateus Lotif / Fortaleza EC

As equipes de Fortaleza e Estudiantes se enfrentaram nesta quinta-feira (30), na Arena Castelão, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América. O Leão empatou com a equipe argentina por 1 a 1, sendo os dois gols do jogo feitos na segunda etapa. Silvio Romero anotou para os donos da casa aos dez minutos, e Leandro Diaz empatou oito minutos depois.

O confronto teve muito equilíbrio e chances reais para cada lado. Porém, ambos conseguiam suas melhores oportunidades através de jogadas rápidas ou de transição. Quando o Estudiantes pressionava a saída de bola, levava mais perigo. Enquanto isso, o Fortaleza conseguia recuperar a bola e contra-atacar com muito perigo.

+ Confira a lance a lance de Fortaleza x Estudiantes!

PRIMEIRO TEMPO

O Fortaleza começou a partida dominando as ações do jogo, mas sem muitas oportunidades de finalizar ou levar muito perigo. Com isso, o Estudiantes começou a não só neutralizar os ataques, como também causar muitas dificuldades para a defesa leonina. A pressão na saída de bola e as recuperações dos argentinos fizeram a tônica da primeira metade da etapa.

Contudo, o Leão conseguiu voltar a ganhar alguns rebotes, o que ajudava na construção de mais jogadas e na retenção da posse de bola. Na segunda metade da etapa, a partida ganhou mais intensidade. Portanto, depois de uma pressão considerável do Estudiantes, o time cearense conseguiu crescer no jogo, quase marcando com Moisés, que fez fila e driblou o goleiro, mas teve o gol evitado pelo zagueiro.

SEGUNDO TEMPO

Ambas as equipes voltaram da segunda etapa com mais força. Ou seja, os dois conseguiram atacar e ter chances reais de gol. Na verdade, fizeram gols. Primeiramente, aos dez minutos, Capixaba recebeu o passe de Benevenuto e serviu Silvio Romero, que marcou após desvio do zagueiro. Porém, oito minutos depois, o buraco na defesa do Fortaleza foi aproveitado por Leandro Diaz, que recebeu livre um cruzamento rasteiro de Mas e marcou o gol de empate.

Em seguida, a partida esfriou, e as equipes perderam a intensidade do início. Contudo, as chances de marcar não sumiram, tanto para argentinos quanto para brasileiros. Nesse período, ficou nítido as jogadas rápidas e em transição do jogo, que se ressaltaram ainda mais nessa menor intensidade. Por fim, o Leão do Pici conseguiu exercer uma pressão na reta final, mas sem sucesso.

DESTAQUES

Para o Fortaleza, poucas surpresas: Moisés e Lucas Lima chamaram muito atenção na partida. Curiosamente, Yago Pikachu ficou apagado na partida, assim como o autor do gol Silvio Romero. Por outro lado, Boselli foi uma referência grande no ataque argentino, e os alas conseguiram defender e atacar bem durante 90 minutos.

COMO FICA

Com esse empate, o jogo da volta será muito definitivo na próxima semana. Sem a regra de gol fora, o 1 a 1 não tem muito peso, mas o Estudiantes, com mais tempo de Libertadores e jogando dentro de casa, tem o favoritismo.

PRÓXIMOS JOGOS

Agora, os donos da casa volta atenção ao Campeonato Brasileiro, onde precisa conquistar pontos, desta vez contra o Coritiba, no Couto Pereira, neste domingo (3), às 18h (de Brasília). Da mesma forma, o Estudiantes joga fora de casa, contra o Arsenal Sarandí, mas na segunda-feira (4), às 17h (de Brasília).

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top