Corinthians

Empate interrompe sequência do Corinthians sob comando do interino Lázaro; veja números

Sem Sylvinho, Corinthians muda postura dentro de campo e engata sequência de vitórias 

Empate do Corinthians contra o Botafogo-SP impede sequência 100% de Fernando Lázaro como interino do timão.

Divulgação/Corinthians

O empate do Corinthians contra o Botafogo-SP por 1 a 1 na noite deste sábado (19), em Ribeirão Preto, interrompeu uma sequência de cinco vitórias de Fenando Lázaro como técnico interino do timão.

                 

Para mais informações sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo pelo TwitterFacebook e Instagram.

Essa é a segunda oportunidade que Lázaro tem de comandar a equipe alvinegra interinamente. Anteriormente, após a queda de Vagner Mancini, o treinador comandou o Corinthians em duas oportunidades pela Copa Sul-americana de 2021.

Na ocasião, o Corinthians já estava eliminado da competição, mas, sob o comando de Lázaro, entrou em campo contra Sport Huancayo e River Plate do Paraguai e aplicou duas goleadas. 5 a 0 em cima do Huancayo e 4 a 0 sob River Plate.

Após os dois jogos com nove gols marcados e nenhum sofrido, Lázaro deu lugar a Sylvinho, que recentemente foi demitido após derrota de virada contra o Santos e o interino assumiu novamente.

Desta vez, para assumir o elenco do Corinthians por quatro rodadas e, novamente, ter saldo positivo. São três vitórias e um empate, quatro gols sofridos e nove marcados até o momento. Isso porque o Corinthians negocia a vinda do técnico interino Luís Castro.

As partidas foram contra o Ituano fora de casa por 3 a 2 após sair atrás do placar por duas vezes, contra Mirassol por 2 a 1 e São Bernardo por 3 a 0, ambas dentro de seu domínio e o empate deste sábado, em Ribeirão Preto, contra o Botafogo-SP.

O mandatário, em 6 jogos, como interino acumula 18 gols marcados e apenas quatro sofrido. Uma média de 3 gols feitos por partida e 0,66 sofridos.

Com a saída eminente, visto que Lázaro não tem licenças necessárias para assumir a equipe principal do Corinthians e ele mesmo ter admitido não ser o momento, o treinador tem mostrado um seu estilo de jogo preferido: ofensivo, inclusive, na vitória contra o São Bernardo por 3 a 0, o Timão continuou a atacar até o apito final.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo