Cruzeiro

Após retornar ao Cruzeiro, Machado afirma: ‘Sempre tive o desejo de permanecer aqui’

Foto: Gustavo Aleixo / Cruzeiro

No início de 2021, após bom ano com a camisa do Cruzeiro, Machado não conseguiu acordo para permanecer no clube. Um ano depois, de volta ao time mineiro, o meio-campista concedeu a sua primeira entrevista como reforço da Raposa.

O jogador falou sobre disputa de posição, destacou as primeiras impressões do trabalho do técnico Paulo Pezzolano e afirmou que ter a torcida do lado, é essencial para que a Raposa conquiste seus objetivos. Por fim, Machado ainda frisou que, quando deixou a equipe em 2020, tinha o desejo de permanecer.

DISPUTA DE POSIÇÃO 

-Tenho que continuar trabalhando. Todos estão buscando seu espaço dentro do campo, existe aquela disputa sadia e quanto mais gente qualificada no seu setor, melhor. O professor tem mais opções para quando for realizar modificações no time, se todos estiverem prontos e bem para cumprir um bom papel. Estou muito tranquilo, é procurar trabalhar no dia a dia, para quando aparecer a oportunidade, aproveitar da melhor maneira possível.

PEZZOLANO

-Cada treinador tem o seu modelo de jogo, seu estilo diferente e a gente tem que buscar se adaptar o mais rápido possível ao estilo dele. Ele gosta de um time bastante intenso, que sempre mantém a posse de bola e marca pressão o adversário. Estamos treinando muito no dia a dia para que, quando os jogos retornarem, cumprirmos um bom papel.

Veja também: Programa de sócio-torcedor do Cruzeiro apresenta crescimento após entrevista de Ronaldo

RETORNO EM DEFINITIVO AO MINEIRÃO 

-É sempre importante jogar com a torcida do lado, ainda mais no Mineirão, onde o Cruzeiro conquistou muitos títulos e teve muitas glórias. O mais importante é isso, ter a torcida do lado. A gente vai trabalhar, vai se doar ao máximo dentro de campo para trazer alegria ao torcedor e, se Deus quiser, no final do ano, conseguir conquistar os objetivos.

‘SEMPRE TIVE O DESEJO DE PERMANECER’

-Como eu disse em outras oportunidades, eu sempre tive o desejo de permanecer aqui, mas infelizmente não deu. Essa minha vontade de estar aqui é pelo clima, pelo ambiente de trabalho que temos. Não só com o pessoal da comissão, do staff, mas com todos os funcionários. É importante manter esse ambiente leve e tranquilo para que possamos estar sempre trabalhando bem.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top