São Paulo

Erros individuais já tiraram sete pontos do São Paulo nesse Brasileirão

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Na última partida, a falha de Volpi foi um exemplo claro de que alguns erros individuas atrapalham o São Paulo, principalmente, em momentos cruciais. Nos jogos diante de Vasco, Red Bull Bragantino e Santos, as falhas comprometeram ao menos 7 pontos que o Tricolor poderia ter conquistado.

Na partida de sábado, contra o Santos, a falha de Tiago Volpi tirou o que poderia ser mais uma vitória para o São Paulo na tabela. Em falta de longa distância cobrada por Marinho, o goleiro calculou mal a trajetória da bola e deixou ela passar, rasteira, no meio de sua meta. O erro, então, custou os 3 pontos de uma equipe que vencia o clássico por 2 a 1.

O lance de Volpi, por exemplo, é um retrato de alguns erros em momentos cruciais na temporada, por isso, o Esporte News Mundo listou algumas das falhas que atrapalharam o Tricolor nesse Brasileirão 2020.

VASCO

Diante do Vasco, o Tricolor conheceu a sua primeira derrota no Brasileiro e, como consequência, alguns erros vieram à tona.

No primeiro gol do Cruzmaltino, o São Paulo está com os 10 jogadores de linha dentro da área e ao acontecer o desvio, Germán Cano, sozinho, empurrou para as redes. O detalhe, porém, é que o Vasco tinha apenas 6 jogadores na área. Mesmo com superioridade numérica, o erro acontece após o desvio de cabeça do Vasco. No lance, 3 jogadores do São Paulo apenas olham para a bola, incluindo o zagueiro Arboleda, que deveria ser o marcador de Cano.

No segundo gol, outra falha. O jogador do Vasco conduz a bola desde o meio campo e acha Cano, mais uma vez livre, dentro da área, para ampliar o placar. Saldo final de 2 a 1 para a equipe carioca e menos 3 pontos para o São Paulo na tabela.

RB BRAGANTINO

O duelo contra a equipe de Bragança seria o divisor de águas para o São Paulo em um mês de setembro complicado. Depois da derrota para o Vasco, Diniz promoveu algumas mudanças na equipe titular, fazendo com que o São Paulo encaixasse uma boa sequência de vitórias.

Contra o Red Bull Bragantino, o Tricolor tinha a oportunidade de assumir a liderança provisória do campeonato, mas ficou só no empate por 1 a 1 com a equipe que ocupava a penúltima colocação. Em falha são-paulina, o Bragantino abriu o placar no buraco deixado pela defesa no meio da área. Com isso, o São Paulo teve que ir atrás do resultado durante o segundo tempo, empatando a 12 minutos do fim. E o panorama poderia ser pior, pois o RB Bragantino ainda desperdiçou duas penalidades marcadas ao seu favor.

SANTOS

No clássico, a falha de Tiago Volpi apagou o que poderia ser a primeira vitória do São Paulo na Vila, desde 2009, pelo Brasileirão. O tabu só não foi quebrado porque o goleiro aceitou a cobrança de falta de longa distância de Marinho. O Tricolor vencia a partida e fazia um bom jogo, porém, o erro foi destacado no saldo final, tirando a oportunidade da equipe assumir a liderança outra vez, já que o Inter havia tropeçado.

O técnico Fernando Diniz, por sua vez, saiu em defesa do goleiro na coletiva pós-jogo:

– “Estão falando do Tiago Volpi, mas que ele falhou. Ninguém vai falar das defesas que ele fez, porque não é legal. A defesa super difícil que ele fez, que o Luciano deu a bola para trás e ele fez um milagre, vão falar da falha”, disse o comandante.

De quebra, o técnico já demonstrou que Volpi é goleiro de sua confiança e que o colocaria entre os melhores no país:

– “Foi a alternativa que ele teve. As pessoas devem estar questionando o Volpi, mas nós temos um dos melhores goleiros do Brasil, tenho plena confiança nele”, completou Fernando Diniz.

7 PONTOS PERDIDOS

Goleiro Tiago Volpi em ação. Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Mesmo com o respaldo positivo de Diniz sobre seus atletas, é fato que o São Paulo já perdeu 7 pontos em falhas individuais nesse Brasileirão. Contra o Vasco, o destaque negativo para o sistema defensivo. Diante de Bragantino e Santos, o gosto amargo de quem só dependia de si mesmo para alcançar a ponta, mas deixou escapar por falhas próprias. Em suma, os 3 pontos da derrota para o Vasco, somados aos 4 pontos perdidos nos empates com RB Bragantino e Santos, podem tirar o Tricolor do G4 ao final da rodada.

Agora, o São Paulo dá uma pausa no Brasileirão para o retorno do grupo D da Libertadores. Já na quinta-feira (17) pega o River Plate, no Morumbi e depois vai até Quito, encarar a LDU no dia 22.

Para saber tudo sobre o São Paulo, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook!

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top