Geral

ESL Pro League s16: Astralis e Heroic vencem; Complexity segue 100%

Divulgação / ESL

O Grupo C da ESL Pro League Season 16 de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) continua com grandes partidas. Nesta quinta-feira (15) a MOUZ perdeu de 2 a 0 para a equipe a Astralis. Mais tarde, a Complexity triunfou contra os franceses da HEET por 2 a 0 e, no último jogo do dia, a ENCE perdeu para os dinamarqueses da Heroic também por 2 a 0.

                 

Para saber mais sobre Counter-Strike e e-sports, siga o Esporte News Mundo pelo TwitterFacebook Instagram.

A FURIA ainda aguarda para fazer sua estreia no torneio enquanto o MIBR já está eliminado. Os times que ainda estão na competição disputam o título, a maior parte da premiação total de US$ 823 mil (aproximadamente cerca de R$ 4,2 milhões) e a vaga para a BLAST Premier World Final 2022 concedida ao campeão.

Astralis 2 x 0 MOUZ

INFERNO Pick MOUZ

O duelo iniciou com os donos da casa vencendo o round de pistola, o forçado e os dois primeiros armados. Contudo, a Astralis mostrou grande força defensivas para frear o ataque da equipe rival e conquistar sete pontos seguidos. A MOUZ conseguiu diminuir o prejuízo vencendo as duas próximas rodadas, mas não foi o suficiente e a equipe viu os adversários triunfarem nas últimas duas rodadas do primeiro tempo que acabou 9 a 6.

Na troca de lados, a Astralis limitou a MOUZ em apenas um ponto. Os donos da casa mesmo jogando de CT (Contra-Terrorista) não conseguiram segurar o forte ataque dinamarquês que além de vencer as três primeiras rodadas, emplacou outra sequência de pontos após perder na quarta rodada. O primeiro mapa terminou 16 a 7 para a equipe dinamarquesa. Com 27 eliminações, ‘Farlig’ foi o destaque do mapa.

NUKE Pick Astralis

O segundo mapa a equipe que estava na defesa conseguiu se sobressair. A MOUZ iniciou a Nuke na frente após triunfar por seis rodadas consecutivas. A Astralis conseguiu furar a defesa rival nas próximas quatro rodadas diminuindo o prejuízo, mas a equipe da casa novamente enfrentou dificuldades para passar da defesa rival e acabou perdendo as últimas cinco rodadas. O primeiro tempo terminou em 11 a 4 no placar.

Na inversão de lados, a Astralis dominou. O time dinamarquês venceu as quatro primeiras rodadas e logo depois venceu seis rodadas de nove disputadas. Com o jogo empatado em 14 a 14, os dinamarqueses com uma forte defesa fecharam o mapa em 16 a 14 para conquistarem sua primeira vitória na ESL Pro League. ‘k0nfig’ com 31 eliminações foi o destaque do mapa.

Complexity 2 x 0 HEET

NUKE Pick HEET

Os donos da casa até começaram bem a partida vencendo as três primeiras rodadas e, mesmo após ter perdido as duas próximas, conseguiram mais emplacar outra sequência de três pontos. Entretanto, o time francês não conseguiu mais passar da defesa da Complexity que fechou o primeiro tempo em 9 a 6 após triunfar por sete rodadas seguidas.

Com a inversão de lados, a Complexity iniciou melhor e com muita agressividade ofensiva conquistou as seis primeiras rodadas ampliando ainda mais a vantagem. A HEET conseguiu diminuir o prejuízo mas não foi o suficiente para conquistar a vitória em seu mapa de escolha na ESL. O time norte-americano fechou o mapa em 16 a 8 e ‘FaNg’ foi o destaque com 24 eliminações.

OVERPASS Pick Complexity

O duelo começou com os donos da casa vencendo logo as duas primeiras rodadas mas sofrendo o empate logo na sequência. O time norte-americano voltou a ficar em vantagem no placar no placar depois de triunfar por três rodadas consecutivas. Entretanto, a HEET novamente conseguiu igualar forças para empatar, só que desta vez, o time conseguiu virar a partida. Contudo, a Complexity nas última quatro rodadas venceu três e perdeu uma e, com esse resultado, fechou o primeiro tempo em vantagem de 8 a 7 no placar.

Já no segundo tempo, a vantagem ficou ainda maior após a Complexity triunfar nas duas primeiras rodadas. A HEET novamente foi em busca do prejuízo e chegou a empatar a partida depois de vencer quatro rodadas de cinco disputadas. Entretanto, os franceses não conseguiram mais perfurar a defesa adversárias e foram punidos. A equipe norte-americana venceu os cinco pontos faltantes e fechou o segundo mapa em 16 a 12 para garantir sua segunda vitória na ESL Pro League. Com 23 eliminações ‘hallzerk’ foi o destaque da Overpass.

ENCE 0 x 2 Heroic

ANCIENT Pick Heroic

O mapa iniciou com os finlandeses abrindo o placar e logo aumento a vantagem depois de vencer o round forçado. Contudo, a Heroic com fortes táticas ofensivas virou a partida após vencer seis rodadas seguidas mas logo na rodada seguinte a ENCE ajustou sua defesa e conquistou a vitória em cinco rounds de seis disputados. A Heroic venceu a última rodada do primeiro tempo para fechar em 8 a 7 no placar.

Na troca de lados, a ENCE novamente começou melhor em que triunfou no round de pistola, no forçado e o primeiro armado. Apesar disso, a pontuação das próximas sete rodadas ficou dividida em quatro pontos para os dinamarqueses e apenas três para os finlandeses. Mesmo com o placar adverso, a Heroic ajustou suas táticas defensivas para emplacar quatro rounds seguidos, virar a partida e fechar o mapa em 16 a 13. ‘TeSeS’ com 28 baixas foi o destaque da Ancient.

VERTIGO Pick ENCE

Mesmo jogando em sua mapa da escolha a equipe da ENCE pouco fez e acabou sendo atropelada no primeiro tempo. A Heroic venceu de 12 a 3 sendo que os primeiros sete pontos foram conquistados em sequência e, em todos eles, os dinamarqueses eliminaram todos os jogadores rivais. No segundo tempo, a equipe de ‘Maden’ até começou melhor vencendo as quatro primeiras rodadas, mas não foi o suficiente. O time da Dinamarca administrou a larga vantagem, fechou o mapa em 16 a 10 e conquistou sua primeira vitória na ESL Pro League. O craque ‘cadiaN’ foi o destaque do mapa com 23 eliminações.

Divulgação / Twitter – ESL

As equipes voltam aos servidores da ESL nesta sexta-feira (16) para mais uma rodada no grupo C. Às 7h30 a Astralis enfrenta a HEET. Mais tarde, às 11h, a Heroic entra em campo contra a Complexity. Por fim, às 14:30, a ENCE duela contra a MOUZ.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo