Atlético-MG

Com jogadores do futebol mineiro, Placar elege Seleção Brasileira de todos os tempos

Revista Placar/Reprodução

Em edição histórica da Revista Placar, 170 repórteres, narradores e comentaristas esportivos do Brasil “montaram” a sua Seleção Brasileira de todos os tempos. A partir dos jogadores mais votados em cada posição, o periódico elencou também o “banco de luxo”.

A edição tem cerca de 65 páginas e apresenta fotos e fichas de todos os atletas escolhidos. Há, também, entrevistas com nomes históricos da Seleção Canarinho.  

Alguns jogadores que atuaram no futebol mineiro foram lembrados na lista – ao todo, nove. Entre atletas e técnicos, nove escolhidos para a Seleção de todos os tempos tiveram passagens por algum clube de Minas Gerais. Um deles foi Tostão, que jogou pelo América e pelo Cruzeiro no início da carreira.  

Taffarel e Ronaldo, que defenderam as cores de Atlético e Cruzeiro, respectivamente, também foram lembrados entres os escolhidos. No chamado “banco de luxo”, três nomes tiveram passagens pelo futebol mineiro, mais precisamente pelo Atlético: o técnico Telê Santana, o lateral-esquerdo Roberto Carlos e o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho.

Dida, Rivaldo e Carlos Alberto Parreira também foram citados. 

Além dos que atuaram em solo mineiro, alguns dos escolhidos nasceram em Minas Gerais – cinco deles. Um deles, claro, é o ‘Rei do Futebol’. Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, nasceu em Três Corações. Integrante do ‘banco de luxo’, o ex-zagueiro Mauro nasceu em Poços de Caldas. Telê Santana, além de ter passagem pelo Galo, nasceu na cidade mineira de Itabirito. Ainda, o zagueiro Oscar e o atacante Tostão também são mineiros. 

CONFIRA AS SELEÇÕES 

Conforme votação, a Seleção Brasileira de todos os tempos foi escalada com: Taffarel (85 votos); Carlos Alberto (104), Aldair (88), Bellini (72) e Nilton Santos (99); Falcão (80), Didi (84) e Pelé (165); Garrincha (132), Ronaldo (130) e Romário (97). Zagallo foi escolhido como técnico, com 94 votos.

Enquanto isso, o “banco de luxo” foi composto por: Gylmar (65 votos); Cafu (29), Mauro (53), Domingos da Guia (31) e Roberto Carlos (53); Gérson (59), Zico (74) e Rivaldo (17); Ronaldinho Gaúcho (29), Sócrates (19) e Rivellino (56). Com 54 votos, Telê Santana foi o segundo treinador mais votado. 

O terceiro time da Seleção Brasileira de todos os tempos foi escalado assim: Dida (7 votos); Djalma Santos (23), Oscar (20), Luís Pereira (24) e Junior (19); Clodoaldo (11), Dunga (7) e Zito (15); Zizinho (7), Tostão (13) e Leônidas da Silva (6). Carlos Alberto Parreira foi escolhido como o técnico, com oito votos. 

Para saber tudo sobre o futebol mineiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top