Outro lado

Gabigol continuará processo contra a Globo por imagens em cassino clandestino durante documentário

gabigol
Polícia Civil/Divulgação

Gabigol e seu staff vão levar para frente um processo contra a Globo por mostrar imagens do jogador em um cassino clandestino no documentário “Predestinado”. O atacante alega quebra de contrato e danos materiais pela exibição do fato. As informações são do UOL Esporte.

A equipe do jogador tinha entrado anteriormente na justiça para impedir a veiculação do último episódio da série documental que retrata a vida e carreira do centroavante do Flamengo. O motivo foi ter mostrado a detenção do atleta pela Polícia Civil após ter ido a um cassino ilegal em São Paulo, no ultimo mês de março. Contudo, o pedido foi negado e o capítulo foi ao ar na plataforma de streaming Globoplay.

No processo, é solicitado pelo staff do jogador uma indenização de R$ 2 milhões. O principal argumento de Gabigol é de que as imagens foram incluídas no documentário sem que houvesse um aviso prévio, quebrando uma cláusula do contrato entre a emissora e o jogador para a produção da série.

O que teria irritado Gabigol e sua família é o fato de o documentário ter sido descrito como homenagem durante as negociações com a Globo. A inclusão da pauta foi vista pela equipe do camisa 9 do Flamengo como traição.  

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top