Geral

Gabigol perdeu três dos últimos quatro pênaltis pelo Flamengo

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

No último domingo (04), Gabigol desperdiçou mais um pênalti pelo Flamengo, no clássico contra o Vasco pelo Campeonato Carioca, no Maracanã. A partida terminou empatada em 0x0 e o camisa 10 perdeu a chance de colocar o Rubro-Negro em vantagem nos minutos finais.

                 

Conhecido por ser um especialista nas cobranças de pênalti, o desempenho recente de Gabigol no fundamento chama a atenção. Nas últimas quatro penalidades, o atacante só converteu uma, contra o Coritiba no dia 20 de agosto do ano passado.

As cobranças desperdiçadas foram contra Grêmio (Copa do Brasil), Cruzeiro (Brasileirão) e Volta Redonda (Cariocão), todas em 2023. Além da contra o Vasco, no último domingo, defendida por Léo Jardim.

Duranto toda a passagem de Gabigol pelo Flamengo, são 50 pênaltis cobrados e 42 gols marcados, ous seja, um aproveitamento de 84%. Porém a queda de desempenho recente chama a atenção, com o mesmo números de erro no último ano (4), em comparação com as primeiras quatro temporadas do atacante no clube (também 4).

A ‘fase ruim’ de Gabigol nos pênaltis parece refletir a a falta de confiança, após sua pior temporada pelo Flamengo. Em 2023, o camisa 10 fez ‘apenas’ 20 gols, tendo virado reserva da equipe desde a chegada de Tite.

Uma curiosidade é que até o início de 2023, todas os erros de Gabigol nos pênaltis haviam sido cobranças para fora ou na trave. Ou seja, a primeira vez que um goleiro defendeu uma penalidade de Gabi pelo Flamengo, foi Vinícius Dias, do Volta Redonda, em fevereiro do ano passado. Desde então, Gabriel Grando (Grêmio) e Léo Jardim (Vasco) também conseguiram parar o atacante.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo