São Paulo

Provocador, Pirani fez um gol contra o São Paulo na base

Pedro Ernesto Guerra Azevedo / Santos FC

O meia Gabriel Pirani marcou o segundo gol da vitória do Santos sobre o São Paulo no último final de semana. O time da Vila venceu por 2 a 0, no SanSão válido pela 5ª rodada do Brasileirão de 2021 e a vitória no clássico deu muito o que falar nas redes sociais e nos programas de debate.

                 

Provocador, o jovem de 19 anos agradeceu Liziero pela assistência. O meia são-paulino saiu jogando errado e deixou a bola com Kaio Jorge, que só deu um toquinho para Pirani completar para o gol vazio. O camisa 20 santista disse que, na base, o São Paulo era sua maior vítima.

— Na base, o time que eu mais fazia gols era o São Paulo. Então, estou mantendo a rotina -, disse Gabriel Pirani, em entrevista concedida ao Arena SBT.

Foram oito confrontos com o São Paulo nos estaduais sub-13 e sub-15 e também nos torneios preparatórios das equipes sub-14 e sub-16. Apesar de levar larga vantagem em classificações e títulos, Gabriel Pirani marcou em apenas uma dessas partidas.

O primeiro jogo, no Paulista sub-13, aconteceu em 2015. Com um empate em 0 a 0 na ida e uma vitória do Peixe por 1 a 0 na volta, a equipe santista chegou na final, onde derrotou o Corinthians e foi campeã. Gabriel Pirani foi reserva nos dois jogos contra o São Paulo e o gol da classificação foi marcado por Giovanni.

+ Análise: O São Paulo está no Reffis
+ Zagueiro Made In Cotia vai pra Tóquio

No ano seguinte, Pirani esteve novamente no time que eliminou o São Paulo nas semifinais da competição estadual, mas dessa vez pelo sub-15. Ele foi reserva nos dois jogos, mas entrou aos 47′ do 2º tempo no jogo da volta, quando o Santos segurou o placar para avançar. Na ida, os santistas venceram por 3 a 1, com gols de Lucas Sena, Rodrygo e Yuri Alberto, com Gustavo Maia descontando para o tricolor. Já na volta, Paulinho marcou e o São Paulo venceu por 1 a 0, o que não era suficiente para o time da capital. Na final, o Santos perdeu para o Palmeiras.

O Santos voltou a conquistar um título, após enfrentar o São Paulo, no sub-14, no final de 2016 e dessa vez com gol de Pirani. Na Paulista Cup, torneio que prepara os times para as competições sub-15 do ano seguinte, foram dois clássicos entre Peixe e São Paulo, no primeiro o Santos venceu 2 a 0, gols de Kaio Jorge e Pirani e no segundo, os times ficaram em um empate sem gols. Na sequência, o Santos bateu o Palmeiras por 2 a 0 para conquistar o título.

No Estadual sub-15 de 2017, novamente São Paulo e Santos se encontraram nas semifinais e pela primeira vez os tricolores levaram a melhor. Pirani novamente começou no banco, entrou no 2º tempo das duas partidas e passou sem marcar. O jogo de ida teve vitória do Peixe por 2 a 1, gols marcados por Derick e Kevin, o zagueiro Luizão diminuiu para o São Paulo. Na volta, o tricolor venceu por 4 a 2, com gols de Miguel, Fábio, Gabriel Rodrigues e João Adriano, enquanto Derick, novamente, e Renyer, descontaram para o Santos.

Em 2018 os times se encontraram na Paulista Cup, mas dessa vez no sub-16, em torneio que preparava os times para o sub-17 do ano seguinte. O Santos goleou o São Paulo por 5 a 1, gols de Giovanni (2x), Ivonei, Kaio Jorge e Derick.

Em 2019 poderíamos ter mais uma disputa eliminatória de SanSão pelo sub-17, mas o Santos viveu um dos piores momentos da sua base, acabou eliminado na terceira fase do Paulistão e fez uma péssima campanha no Brasileiro da categoria. Na ocasião, diversos jogadores foram afastados, entre eles o próprio Pirani, assim como Ivonei e Sandry. Quando os jovens foram reintegrados ao elenco, já era tarde demais para buscar uma classificação nas competições, mas Pirani teve grande destaque, marcando quatro gols na vitória por 7 a 1 sobre o Cruzeiro, no Brasileiro sub-17.

No sub-20, São Paulo e Santos se enfrentaram em 2019 e 2020 pelo Brasileirão, anos em que o meia esteve com o elenco da categoria, mas Pirani não estava entre os relacionados santistas. Os times não se encontraram no Campeonato Paulista da categoria.

Pelo principal, Gabriel Pirani já marcou três vezes e contra o São Paulo fez seu primeiro gol em clássicos pelo alvinegro da Vila Belmiro.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo