Olimpíadas

Kipchoge é bicampeão na maratona; brasileiro briga por liderança, mas abandona

Divulgação/Olympics

A maratona masculina encerrou as provas de atletismo no último dia dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Em Sapporo, na ilha de Hokkaido, a corrida foi realizada com três brasileiros na disputa, Daniel Chaves, Paulo Roberto de Paula e Daniel Nascimento.

A vitória ficou com o queniano Eliud Kipchoge, que conquistou o bicampeonato (foi ouro no Rio-2016). O Brasil chegou a ter chances com Daniel Nascimento, que até liderou a prova e ficou no pelotão dos líderes, mas se sentiu mal e deixou a prova.

A prova

A maratona começou com Kipchoge buscando liderar o pelotão. Pouco a pouco, começavam a se formar os blocos que iriam guiar os primeiros 15km da corrida, com o colombiano Jeison Suárez conseguindo tomar a dianteira neste começo de corrida.

O ritmo dos primeiros quilômetros foi com os corredores dosando o ritmo e o alemão Amanal Petros na liderança e Daniel Nascimento em quinto lugar, no grupo dos líderes, com os outros brasileiros bem atrás. Perto dos 10km, um dos favoritos, o etíope Shura Kitata, sentiu lesão e ficou para trás.

Siga Ao Vivo os JOGOS OLÍMPICOS no Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Kipchoge tomou a liderança aos 10km entre os tempos, ainda com o pelotão muito junto e Daniel Nascimento caindo para 11º lugar. Daniel Chaves e Paulo Roberto de Paula também perderam postos e foram para trás nos pelotões de maratonistas. Vários atletas começaram a sentir lesões e perder espaço na corrida. Nos 15km, Daniel Nascimento assumiu a liderança e já tentava abrir diferença dos rivais.

O brasileiro seguia entre os primeiros colocados, que já começavam a se desgarrar do restante dos maratonistas. Outro representante do Brasil, Daniel Chaves, acabou abandonando a prova pouco antes dos 20km. Nesta partida, o brasileiro havia caído para terceiro, com Suárez reassumindo a ponta e Kipochoge em segundo. A prova seguida com os corredores trocando de liderança, mas Nascimento sempre no pelotão principal.

Com metada de corrida passada, um novo líder no sul-africano Stephen Mokoka, mas Daniel se mantinha em terceiro, com Kipchoge na segunda posição. Paulo Roberto de Paula continuava a se ver longe dos primeiros colocados e perdendo posições. A prova continuava com equilíbrio, ainda sem que os corredores se desgarrassem de forma mais forte no pelotão dianteiro da maratona.

Clique aqui para conferir a agenda completa de todas as modalidades

Kipchoge tomou a liderança da maratona e Daniel Nascimento caiu para o quarto lugar na marca dos 25km, com Jeison Suárez e Othmane El Goumri do Marrocos à frente. No entanto, pouco depois, o brasileiro cairia no percurso e ficaria para trás, praticamente vendo o sonho de uma conquista histórica se encerrar, pelo menos neste ponto da corrida, Pouco depois, o brasileiro apareceu passando mal e acabou interrompendo uma corrida que tinha se mostrado até ali muito boa.

A partir de perto dos 28km, o pelotão de frente começava a diminuir e Kipchoge já se desgarrava dos adversários. Logo, o Quênia começava a tomar conta da maratona, com três de seus corredores nas três primeiras posições, com Kipchoge já disparando e Lawrence Cherono e Amos Kipruto na disputa. Enquanto o líder se distanciava e liderava de forma confortável, a disputa era pela prata e o bronze.

O queniano seguia abrindo distância e se firmando como líder. A prova cada vez mais se concentrava nas outras medalhas e Kipchoge mantinha sua vantagem firme na liderança da maratona. Cherono e o espanhol Ayad Lamdassem brigavam pelo segundo lugar juntamente com o belga Bashir Abdi e o holandês Abdi Nageyee.

Os quilômetros finais reservaram emoções. Primeiro pelo lado de Eliud Kipchoge, que conseguiu o bicampeonato da maratona olímpica masculina numa performance impecável do queniano. Segundo, pela briga pelas outras medalhas, com a prata ficando com Abdi Nageeye e Bashir Abdi num final impressionante e surpreendente, desbancando Lawrence Cherono nos metros finais. O único brasileiro restante na prova, Paulo Roberto de Paula, terminou em 69º.

Resultados da maratona olímpica masculina dos Jogos de Tóquio-2020

1 – Eliud Kipchoge (KEN) – 2:08;38 – ouro

2 – Abdi Nageeye (HOL) – 2:09:58 – prata

3 – Bashir Abdi (BEL) – 2:10.00 – bronze

69 – Paulo Roberto de Paula (BRA) – 2:26:08

(Daniel Chaves e Daniel Nascimento abandonaram a maratona)

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top