Vasco

Lúcio Barbosa confirma demissão de Bracks e fala sobre futuro do Vasco

Lúcio Barbosa em coletiva (Foto: Divulgação/Vasco)

Lúcio Barbosa, CEO da Vasco SAF, confirmou a demissão de Paulo Bracks, ex-diretor esportivo. O CEO não confirmou outro nome, mas disse haver conversas.

Foto: Divulgação/Vasco

O CEO da Vasco SAF, Lúcio Barbosa concedeu uma coletiva à imprensa nessa quinta-feira (7). O diretor confirmou a demissão de Paulo Bracks, ex-diretor esportivo da SAF do Vasco. A decisão foi tomada em conjunto com a empresa norte-americana 777 Partners, que considerou falho o planejamento para a temporada e o desempenho entregue.

                 

Os fator que pesou foi, o investimento feito pela 777 não condizente com a performance do time. A reformulação do elenco, liderada por Bracks, contou com mais de R$ 110 milhões investidos em reforços ao longo do ano. Ainda assim, o Vasco brigou para não cair durante todo o Brasileirão.

+NOTÍCIAS DO VASCO

Ao ser perguntado sobre um novo nome para a diretoria esportiva do clube, Lúcio Barbosa se esquivou e disse que o anuncio deverá sair nos próximos dias. Internamente, o principal cotado para assumir o cargo no Vasco é Alexandre Mattos, que atualmente está no Athletico-PR. Entretanto, o CEO não confirmou o nome de Alexandre, e disse apenas que conversas já estão em andamento, sem revelar com quem.

Lúcio afirmou ter identificado que o Vasco precisaria mudar o perfil e por isso, apesar se continuar na elite do futebol Brasileiro, a troca de comando na diretoria foi feita.

– A gente conversou com o Paulo, a quem agradeço muito, tivemos uma relação muito boa e espero continuar tendo mesmo que ele não esteja no Vasco. É um grande profissional, mas a gente entendeu que precisa mudar o perfil. Nos próximos dias devemos conversar novamente sobre possíveis nomes- disse o CEO

Quanto ao futuro, Lúcio Barbosa afirmou que pretende devolver o Vasco ao lugar de protagonismo. Apesar do projeto ser de longo prazo, ele confirmou que para a próxima temporada já haverá um investimento maior, para buscar jogadores do tamanho do Vasco.

O diretor também tratou de agradecer à comissão técnica e aos jogadores pelo empenho em livrar o clube do rebaixamento. Disse também, que Ramón Díaz, técnico do time, que tem contrato até o final de 2024, vai sim permanecer à frente do elenco.

Um próximo aporte financeiro da 777 já é esperado pelo Vasco e o valor é de aproximadamente R$ 270 milhões. Com isso, além de pagar dívidas, o Gigante da Colina promete vir forte nas janelas de transferência.

Outros trechos da coletiva:

Objetivo frustrado: O objetivo (para 2023) era estar pelo menos na pré-Libertadores Não dá para prever matematicamente, mas a intenção era estar na primeira página da tabela. Nossa filosofia é ser competitivo. Fizemos uma campanha de G7 no segundo turno, e é isso que queremos melhorar no ano que vem.

Pedrinho: Eu particularmente tenho uma relação muito boa com o Pedrinho. Comecei a conhecer os outros membros. Acredito que esse novo grupo venha para somar. Se isso acontecer, vamos dar trabalho para os adversários.

Orçamento e reforços: Por questões estratégicas, não falamos de números, mas vamos estar presentes no mercado para competir por jogadores bons que consigam jogar no Vasco. Vamos abrir o passado nas demonstrações financeiras, esse ano foi muito melhor.

Abel Braga: Ele está se acertando com o Inter. Ajudou muito a gente no vestiário, na parte técnica. O Abel não precisa provar mais nada. Por tudo isso, acho que ele não continua, mas vou conversar com ele nos próximos dias.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo