América-MG

Após derrota no clássico, Mancini avalia: ‘Estamos no caminho certo’

Mourão Panda/América

O América-MG chegou à sua segunda derrota seguida diante do Atlético-MG na noite deste sábado (10), no Estádio Independência. Mesmo assim, o técnico Vagner Mancini acredita que a proposta de jogo foi seguida, principalmente ao impedir que o Atlético pudesse realizar o que propõe de melhor: tocar a bola.

A princípio, o treinador mandou a campo um time inédito. Surpreendentemente, Mancini alterou grande parte de seus jogadores iniciais para iniciar o clássico. Ricardo Silva, Zé Vitor, Alan Ruschel, Juninho, Carlos Alberto e Bruno Nazário ganharam chances.

+ Atuações ENM: Mancini muda o time, mas ataque segue inoperante e América-MG perde para o Atlético-MG; veja notas

— Buscamos o gol desde o início do jogo e fomos dominantes, principalmente no primeiro tempo. No segundo tempo houve um certo equilíbrio após a entrada do Hulk em campo. Um jogador que consegue romper linhas e, além disso, é muito forte. Precisamos absorver a derrota que dói bastante, mesmo que injusta. Sabemos da qualidade do adversário. Agora é focar no nosso desempenho, mesmo com um sistema alterado.

Contudo, perguntado sobre os avanços das linhas de marcação, Mancini destacou na coletiva um América ‘valente’. 

— Não tenham dúvidas de que o sistema (com três zagueiros) foi intencional para pressionarmos o Atlético. A estratégia foi montada exatamente em cima disso e sermos agressivos. Conseguimos neutralizar o toque e a chegada em transição muito rápida que o Atlético possui. Por muitas vezes o Éverson era obrigado a lançar a bola. 

Mourão Panda/América

O jejum diante do Atlético permanece. Sem vencer o rival há cinco anos, Mancini, ao ser perguntado se esse fator incomodava o grupo, afirmou não ter conhecimento do mesmo. Além disso, o comandante ressaltou a superioridade em relação ao adversário durante os 90 minutos.

— Temos que arriscar na partida a partir do instante que optamos por esse estilo de jogo (com agressividade). Estivemos perto de fazer o gol ao longo de todo jogo e especialmente no primeiro tempo, onde sufocamos o adversário. Não contávamos, obviamente, com alguns lances perdidos. De uma maneira geral, fizemos um bom jogo.

Mancini terá, pela primeira vez, a semana livre para trabalhar com seus atletas. Isso porque o América só volta a campo no dia 19 deste mês, segunda-feira, contra o Sport, em Pernambuco. 

Para saber tudo sobre o América-MG, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top