Campeonato Brasileiro

Maurício Barbieri pode quebrar recorde que pertence a ídolo do clube

Maurício Barbieri vai se consolidando à frente do Red Bull Bragantino. Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino
Maurício Barbieri vai se consolidando à frente do Red Bull Bragantino. Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

Em 2020, o Red Bull Bragantino anunciou a contratação do técnico Maurício Barbieri. Na época, o treinador assumiu a vaga deixada por Felipe Conceição, que acabou demitido. E não demorou para o jovem cair nas graças da torcida, o gosto pelo futebol ofensivo, o trabalho de desenvolvimento dos jovens e as vitórias facilitaram o processo.  

Em 2020, o técnico comandou o Toro Loko em 33 partidas, com 12 vitórias, 11 empates e 10 derrotas. O clube terminou o Brasileirão na 10ª posição, com 53 pontos conquistados e garantiu uma vaga na Copa Sul-Americana de 2021. Além disso, o Massa Bruta teve um aproveitamento de 46,5% na competição nacional.

No ano seguinte, Maurício Barbieri esteve à frente da equipe em 68 oportunidades, com 32 vitórias, 20 empates e 16 derrotas. Aliás, o comandante levou o RB Bragantino a decisão da Copa Sul-Americana 2021. Na grande final, o Toro Loko acabou derrotado pelo Athletico por 1 a 0 e ficou com o vice-campeonato. 

Para saber tudo sobre o RED BULL BRAGANTINO, siga o perfil do Esporte News Mundo no Twitter, InstagramFacebook.

Em 2022, Barbieri já participou de 35 partidas, com 13 vitórias, 10 empates e 12 derrotas. Porém, a equipe acabou eliminada na fase de grupos da Copa Libertadores da América e da Copa do Brasil. No Brasileiro, o time teve um início conturbado, mas já demonstra uma melhora significativa e tende a dar trabalho para os rivais.

Sendo assim, o treinador comandou a equipe em 136 oportunidades, com 57 vitórias (aproveitamento de 42% dos pontos), 41 empates (30,1% dos pontos conquistados) e 38 derrotas (27,9% dos pontos desperdiçados). Além disso, é bem provável que Barbieri permaneça no clube por mais alguns anos, pois a filosofia de trabalho está dentro dos padrões da Red Bull.

O técnico que esteve à frente do banco de reservas do Massa Bruta por mais vezes é Marcelo Veiga. O ex-treinador comandou o time por quatro anos, 11 meses e 14 dias ininterruptos. Veiga faleceu em dezembro de 2020, vítima da Covid-19.  

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top