Cruzeiro

Maurício e ex-jogador da base do Cruzeiro acionam clube na Justiça

Foto: Bruno Haddad e Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Foto: Bruno Haddad e Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Mais dois processos contra o Cruzeiro correm em Justiça, fazendo o clube colecionar mais ações no Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais. E os dois mais novos desta lista tem nomes de um passado recente da Raposa envolvidos: Maurício, meia que defende o Internacional atualmente, e Marcelo, destaque das categorias de base do clube, mas que não se firmou no elenco profissional. 

As ações somam, juntas, R$1,8 milhão. As informações foram inicialmente divulgadas pelo ge e pelo Superesportes.  

Veja também: Deivid relembra 2003, diz acreditar em acesso e aponta situação do Cruzeiro: ‘Buraco muito fundo’

O processo envolvendo Maurício foi distribuído na 28ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte nesta terça-feira (21) e tem valores que giram em torno de R$1.088.669,98. O meia cobra pendências de quando defendeu o elenco principal cruzeirense. A respeito de Marcelo, o processo, que corre na 12ª Vara do Trabalho, requer R$753.553,84 referentes a salários atrasados, 13º, férias, FGTS, cláusula compensatória e indenização por assédio e abalo moral. 

Marcelo foi emprestado ao Paraná, com o Cruzeiro se comprometendo a arcar com a totalidade dos vencimentos mensais do atleta. Já no acordo com o Figueirense, concordou em pagar 75%. Porém, não quitou metade do salário de outubro de 2020, nem a integralidade das remunerações de dezembro de 2020 a agosto de 2021.  

Nesse cenário, o advogado de Marcelo protocolou o pedido de rescisão indireta do vínculo que iria até o fim de dezembro de 2022. 

Veja também: Belletti no comando e discurso de Fábio: ‘Vamos ter que suar sangue’; confira os bastidores do empate do Cruzeiro com o Vasco

Maurício defendeu a camisa profissional do Cruzeiro entre julho de 2019 e outubro de 2020, quando deixou o time mineiro para vestir as cores do Internacional, que pagou R$1,2 milhão por parte de seus direitos e envolveu William Pottker na negociação. Em fevereiro deste ano, o clube celeste cedeu mais 10% do passe do meia e recebeu em troca o atacante Bruno José. 

O jovem meia defendeu a Raposa em 43 partidas e marcou seis gols. Já Marcelo, pelo Sub-20 do Cruzeiro, marcou 13 gols em 28 partidas em 2018. Na equipe profissional, no entanto, não engrenou. 

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top