Automobilismo

Mesmo com três pneus, Lewis Hamilton vence o GP de Silverstone

Foto: Divulgação/F1
— Continua depois da publicidade —

Nunca desista de uma corrida de Fórmula 1. Depois de 49 voltas monótonas, as últimas três voltas do Grande Prêmio de Silverstone trouxeram emoção suficiente para o final de semana. Mesmo com um pneu estourado, Lewis Lewis Hamilton conquistou a vitória, com Max Verstappen, da Red Bull Racing, em segundo, e Charles Leclerc, da Ferrari, em terceiro.

HULKENBERG FORA

Chamado às pressas para substituir Sergio Pérez, que testou positivo para Covid-19 no último teste antes do início do final de semana de GP em Silverstone pela Racing Point, Nico Hulkenberg não conseguiu nem fazer parte do grid de largada. O carro, com problemas hidráulicos, nem largou e ficou fora da corrida deste domingo.

SHOW DE BANDEIRAS AMARELAS

As 20 primeiras voltas do GP de Silverstone foram praticamente dominadas pelas bandeiras amarelas. Logo no final da primeira volta, Magnussen bateu em Albon e obrigou a entrada do Safety Car, que ficou até a volta 6. Na volta 13, Kvyat saiu de traseira e bateu forte, obrigando novamente a entrada do Safety Car, que ficou na pista até a volta 19.

CORRIDA MORNA

Após a saída do Safety Car, a corrida não teve tanta emoção. Com os quatro primeiros (Hamilton, Bottas, Verstappen e Leclerc) praticamente sem ser incomodados, o segundo pelotão embolado chamou atenção, porém sem tantas ultrapassagens.

PNEUS DE CARRO CANTAM…

Na volta 50, com duas para a bandeira quadriculada, Valtteri Bottas, que estava em segundo, com grande vantagem, viu seu pneu dianteiro esquerdo estourar e o piloto caiu para a quarta posição ao ser ultrapassado por Verstappen e Leclerc até conseguir ir para os boxes trocar os compostos e voltar na 11ª primeira posição.

MESMO COM TRÊS PNEUS, LEWIS VENCE

Na última volta, Lewis Hamilton também viu seu pneu dianteiro esquerdo estourar e se viu obrigado a terminar a corrida com três pneus. Graças a enorme vantagem para Verstappen (que havia parado na volta 51 para trocar os pneus em busca do ponto extra da volta mais rápida), o piloto da Mercedes conseguiu guiar seu carro até a bandeira quadriculada e garantiu sua sétima vitória em Silverstone na carreira, com cinco segundos de vantagem para Verstappen, que chegou em segundo. Leclerc garantiu a P3.

Vários comentários

3 Comments

  1. Pingback: Max Verstappen comenta sobre o final maluco do GP da Inglaterra

  2. Pingback: Lewis Hamilton explica o final do Grande Prêmio da Inglaterra

  3. Pingback: Charles Leclerc exalta resultado surpreendente da Ferrari

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo