Palmeiras

Preparador de goleiros de Leão no Palmeiras vê Weverton como o mais preparado para a Copa

José Mario preparador
Foto: Renan Camargo/Desportivo Brasil

Zé Mário trabalha como preparador de goleiros do Desportivo Brasil, clube do interior de São Paulo que é especializado na formação de jovens jogadores. Nesta terça-feira, dia 26 de abril, é comemorado o dia do goleiro, e o Esporte News Mundo traz uma entrevista com ele, que trabalhou com o ex-goleiro e ídolo do Verdão, Emerson Leão, um dos maiores da posição na história alviverde.

                 

O Desportivo fica localizado na cidade de Porto Feliz, e o clube atualmente disputa a Série A3 do Campeonato Paulista. Neste ano, terminou a primeira fase em 13º lugar, com 14 pontos, não conseguindo ficar entre os oito melhores e avançar até a fase seguinte.

Na entrevista, foi questionado se, caso tivesse o poder de decisão, quem escolheria como goleiro titular da seleção brasileira na Copa do Mundo. E ele não titubeou na resposta. Entre Alisson, Ederson e Weverton, que são os três mais cotados para irem ao Catar, afirmou: “Os três goleiros são capazes de defender o gol da seleção como titulares. Se analisar o momento de cada um, hoje o mais preparado seria o Weverton.”

O arqueiro alviverde vive um grande momento, sendo eleito o melhor da posição nas duas últimas Libertadores, assim como do último Brasileirão e do Paulistão deste ano. Como todos estão cansados de saber, hoje, a posição mudou muito, com o atleta sendo obrigado a saber jogar bem com os pés, e saber se posicionar na saída de bola. Neste quesito, Weverton está muito bem, participando muito de jogadas do time treinado por Abel Ferreira.

E o preparador analisou essas transformações dentro da posição. “Mudou os aspectos físicos, como altura e os aspectos técnicos com relação a uso dos pés, utilizando muitos passes, lançamentos. Mudou o perfil geral do goleiro. Melhorou muito a concentração e participação dele dentro do jogo, sendo mais ativo. Por fim, mudou também as funções como jogar com pé, jogar adiantado, ser mais um homem para sair jogando. Mas, é importante tomar cuidado pois a principal função do goleiro ainda é defender, evitar o gol e realizar bem o trabalho com as mãos.”

+Gabriel Menino vira alternativa para lesão de Jailson no Palmeiras

Com 621 partidas disputadas, Emerson Leão é o segundo atleta que mais vestiu a camisa palmeirense em todos os tempos, atrás apenas do meia Ademir da Guia. Disputou quatro Copas do Mundo e é considerado por muitos como o melhor da posição na história do Palmeiras. Zé Mário foi preparador dele no Verdão.

Recentemente, Weverton, assim como Marcos, já fizeram história pelo clube, com grandes defesas e liderança, com o primeiro podendo fazer ainda mais. Sobre as comparações entre eles, enfatizou o peso que seu ex-companheiro tem.

“Eu vejo que nessa balança entre esses goleiros, o Leão é um pêndulo (que dá o peso maior). Mas, durante todo esse tempo, além do Leão, muitos goleiros de alto nível passaram por lá, como Veloso, Zetti, Marcos, Carlos Gallo, Gato Fernandez, Diego Cavalieri, Ivan Izzo, Bruno, Cesar e Deola.”

Agora, olhando para o futuro, ele vê um goleiro do seu clube como um grande nome para a posição nos próximos anos. Trata-se de João Calheira, de 18 anos. “Podem prestar atenção nesse nome.” Perguntado sobre qual a melhor escola de goleiros do futebol mundial, José rechaçou as estrangeiras, e enfatizou os goleiros brasileiros. “A escola brasileira ainda é acima da média, principalmente no aspecto técnico.”

Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Segundo o preparador, aquilo que um goleiro tem de ter como fundamental é a concentração, e saber o que ele quer para a sua carreira. “E se isso for ser goleiro, deve ir com tudo até o final. Assim, ele fica mais perto do objetivo”, afirmou.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo