Corinthians

Thiago Duarte Peixoto apita Corinthians x São Bento; árbitro protagonizou lance bizarro em 2017

Thiago Duarte apita Corinthians x São Bento
Foto: Reprodução / TV Globo

A Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciou a escala de arbitragem para o jogo entre Corinthians e São Bento, que acontece nesta sexta-feira (16), às 20h, na Neo Química Arena. O responsável principal do embate é Thiago Duarte Peixoto, que protagonizou um dos lances mais inusitados da última década no futebol brasileiro.

                 

O árbitro paulista será auxiliado por Alex Alexandrino (assistente 1) e Robson Ferreira Oliveira (Assistente 2). Adeli Mara será a quarta árbitra e Thiago Luis Scarascati comandará o VAR em Itaquera.

Essa será a quinta partida do Corinthians com apito do juiz paulista. A última aconteceu no ano passado, também pelo Paulistão, em uma derrota do alvinegro para a Ponte Preta.

Polêmica de 2017: Corinthians x Palmeiras

Em uma partida da primeira fase do Campeonato Paulista de 2017, no clássico entre Corinthians e Palmeiras, o árbitro Thiago Duarte errou ao expulsar o corintiano Gabriel ainda no final do primeiro tempo. Isso porque o volante havia sido advertido com o cartão amarelo poucos minutos antes, mas não cometeu a falta em Keno, que resultou na segunda punição e, consequemente, no vermelho.

Quem cometeu a infração, na verdade, foi o garoto Maycon, companheiro de Gabriel na volância. Apesar das reclamações dos jogadores do Corinthians e da recomendação do quarto árbtiro, Thiago Duarte foi irredutível e não voltou atrás na decisão. A partida ficou paralisada por vários minutos.

Apesar do jogador a menos, o Timão conseguiu a vitória dramática com gol de Jô, aos 42 minutos do segundo tempo. Esse embate marcou uma mudança de pensamento no elenco, torcida e em boa parte da imprensa esportiva. A equipe de Fábio Carille ganhou fôlego para conquistar Paulistão e Campeonato Brasileiro naquele ano.

Para saber tudo sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter Facebook

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo