Futebol americano

Aaron Rodgers não quer voltar para os Packers e pode deixar a franquia

Aaron Rodgers Packers
Foto: Mark Black/Imago Images

A NFL não para mesmo com o Draft acontecendo nesta quinta-feira, 29. Segundo Adam Schefter, da ESPN estadunidense, Aaron Rodgers não voltará para o Green Bay Packers em 2021. De acordo com as fontes do insider, o jogador não está satisfeito com os últimos desdobramentos na equipe e um dos destinos ideais para o quarterback seria o San Francisco 49ers. Curiosamente, horas antes foi noticiado pela imprensa dos Estados Unidos, que a franquia de Santa Clara entrou em contato com o time de Wisconsin para entender a situação do camisa 12.

Um dos principais motivos para a insatisfação de Rodgers é a tratativa sobre sua renovação de contrato. Com vínculo até 2023, o quarterback gostaria de uma extensão enquanto Green Bay tentou readequar os valores em uma temporada com o teto salarial bem reduzido. A falta de um acerto entre os dois lados acabou gerando problemas e um momento delicado para o atleta. No entendimento do camisa 12, os Packers poderiam ter feito mais do que foi realizado até agora.

Outro grande fator é o que Green Bay irá fazer no Draft. Desde 2020, Aaron Rodgers esperava ganhar um reforço no ataque na primeira rodada. A escolha dos Packers por Jordan Love, um quarterback, gerou irritação no veterano e um pequeno atrito com a diretoria da equipe. Mesmo com o jovem ao lado, o camisa 12 fez uma grande temporada e foi MVP da temporada regular. Apesar do grande ano individual, o time de Wisconsin foi eliminado nas finais da NFC para os Buccaneers.

De qualquer maneira, a saída de Aaron Rodgers não é tratada como simples. Mesmo com possível interesse de outra equipe, o quarterback teria 32 milhões de dólares (R$ 170 milhões na conversão atual) em dead cap, uma fatia que não poderia ser utilizada por Green Bay. Se houver realmente uma proposta de San Francisco, a posição três certamente será envolvida além de mais algumas picks para os Packers. No entanto, algumas escolhas no Draft podem fazer com que o camisa 12 mude de ideia e permaneça no time.

Aaron Rodgers é um dos melhores quarterbacks da história da NFL e vem de um longo reinado nos Packers. Em 16 anos de franquia, o jogador possui 197 jogos, 51245 jardas, 412 jardas e 65.1% de passes completos. Como recompensa pelas grandes exibições, o camisa 12 foi eleito nove vezes ao Pro-Bowl, 3 vezes MVP da temporada regular e foi campeão em 2010 após vencer o Pittsburgh Steelers por 31 a 25 no Super Bowl.

Siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top