Futebol americano

Análise NFL: ataque do New England Patriots se rende ao jogo terrestre com Cam Newton

Cam Newton New England Patriots
Foto: Divulgação/Twitter New England Patriots
— Continua depois da publicidade —

Tom Brady foi o quarterback do New England Patriots por 20 anos. Nada móvel e com pouquíssima velocidade, o camisa 12 sempre foi um especialista dentro do pocket, com uma capacidade imensa de se comportar de forma impecável atrás de sua linha ofensiva. Com a saída do veterano de 43 anos, a franquia contratou Cam Newton, um QB que é o oposto de Brady.

O MVP de 2015 pelo Carolina Panthers não entrega grande efetividade em lançamentos dentro do pocket, mas abre possibilidades de grandes variações no playbook. Sua grande força física e velocidade faz com que o New England Patriots mude seu sistema de ataque drasticamente depois de anos tendo a precisão de Tom Brady como referência.

Josh McDaniels e Bill Belichick se adaptaram muito bem a essa nova estrutura. Cam Newton correu muito bem e teve um leque de opções de jogadas que foram sendo usadas para consumir a defesa do Miami Dolphins. A comissão técnica não teve receio de usar e abusar do jogo corrido, que é a nova tendência em New England. Todo sistema de ataque é voltado a esse plano que mistura o “old school” de jogo terrestre da NFL com a revolução de um QB moderno que apresenta variáveis.

O read option é a grande cereja do bolo do sistema. A jogada confundiu a defesa dos Dolphins e potencializou o jogo terrestre de todas as formas possíveis. Aliás, as câmeras do jogo também foram surpreendidas e dribladas pela quantidade insana da jogada. Ao todo, o quarterback somou 75 jardas terrestres em 15 tentativas, com dois touchdowns. O jogo pelo chão dos Patriots de forma geral teve 217 jardas ao todo e foi o grande fator para uma vitória tranquila por 21 a 11.

https://twitter.com/FB_FilmRoom/status/1305677296595066880

O grupo de running backs é talentoso. James White, Sony Michel, Rex Burkhead e J.J. Taylor foram muito efetivos e todos passaram das 20 jardas. Com isso, ninguém fica sobrecarregado e o ataque se torna imprevisível. Além de todos os quesitos apontados, o play-action funciona com mais eficiência com toda confusão que é criada na defesa adversária. Cam Newton errou apenas um passe contra Miami usando essa jogada.  

A grande força pelo chão maximizou a precisão dos lançamentos de Cam Newton, que acertou 15 de 19 tentados. A linha ofensiva deve ser destacada também. David Andrews retornou para a posição de Center e foi fundamental. Apesar de alguns questionamentos no setor, Jermaine Eluemunor e o rookie Mike Onwenu desempenharam um bom papel.

Os problemas no jogo aéreo é mais um motivo para que a parte terrestre seja a principal chave da ignição. Julian Edelman, N’Keal Harry e Ryan Izzo foram os únicos recebores alvos de Cam Newton durante a partida contra os Dolphins, sem contar com os running backs. Vale lembrar que na temporada passada o corpo de recebedores já foi um ponto negativo para Tom Brady.

Cam Newton após a vitória em sua estreia

— Sou abençoado por ter essa oportunidade, de conseguir uma vitória. Tem sido um caminho longo para mim e sou agradecido aos Patriots por me darem a oportunidade de terminar o dia de hoje com o que conquistamos, com a vitória. Honestamente eu somente fiz o que me pediram para fazer. Nós tivemos uma ótima semana de treinos que me ajudou a chegar até aqui— disse Cam Newton em entrevista após o jogo.

LEIA TAMBÉM: Análise NFL: os problemas do Philadelphia Eagles e o futuro do Washington Football Team

Siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo