Guarani

Aos 18 anos, Titi estreia como titular no Guarani e deixa boa impressão

Aos 18 anos, Titi estreia como titular no Guarani e deixa boa impressão

Prata da casa, Titi recebe primeira chance como titular desde promoção ao elenco profissional do Guarani no fim da temporada passada.

Zagueiro atuou ao lado de Thales no empate sem gols diante do Sampaio Corrêa e deixou boa impressão no Bugre.

+ Por lesão e indisciplina, Júlio César desfalca Guarani diante do Vasco

Atleta de 18 anos ‘aproveitou’ lesão de Ronaldo Alves para superar concorrência do volante Índio e atuar por 90 minutos no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, onde foi lapidado desde o Sub-17, onde já despertava atenção da diretoria pelo alto potencial individual.

Com câimbras, Titi acabou substituído pelo técnico Daniel Paulista e completou 82 minutos em ação.

A expectativa é de que, com concorrentes entregues ao Departamento Médico, jovem ganhe sequência entre os 11 nas próximas rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro.

“Eu acho que é seguir fazendo o que a gente sempre fez. Os garotos que estão aí dentro do elenco e formados aqui dentro do Guarani estão treinando muito bem, procurando crescer e melhorar a cada dia. A gente tem trabalhado esses atletas sempre com muito cuidado e com muita atenção para que eles possam, no momento oportuno, ganhando minutos. Cada vez ganhando mais corpo e mais casca para enfrentar um campeonato muito difícil, como é a Série B”, comentou Paulista, em coletiva de imprensa.

“Titi está mais preparado do que o início da competição. Já entrou em várias oportunidades no decorrer das partidas. Hoje teve a primeira oportunidade na Série B começando o jogo. Fez um jogo seguro, como a gente esperava. Eu acho que isso aí é tudo um processo. Eu acho que, tendo potencial e tendo condição, a gente vai estar dando oportunidades, sempre pensando no coletivo. Se a equipe necessitar da característica de determinado, essa oportunidade pode surgir a qualquer momento”, continuou.

“Sobre o Titi também, o jogador sentiu cãibras e pediu substituição ali na parte final do jogo. É algo também totalmente normal, já que é a primeira oportunidade dele jogando uma determinada minutagem dentro de uma partida. É a primeira vez. Então tudo isso tem incidência sobre esse tipo de situação do atleta estar sentindo câimbras”, finalizou.

Promovido pelo ex-técnico Felipe Conceição, beque, com cinco jogos disputados nesta temporada, todos ao longo da segunda divisão nacional, deve ser mantido na primeira linha para desafiar o Vasco da Gama, no próximo sábado, em São Januário.

Sem perder há seis rodadas, com quatro vitórias e dois empates, Guarani ocupa terceiro lugar na Série B do Campeonato Brasileiro com 23 pontos.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top