Olimpíadas

Pré-Olímpico: Com destaque para Darlan, Brasil supera a Itália no tie-break e está em Paris 2024

Darlan e Flávio no bloqueio do Brasil no Pré Olímpico
(Divulgação/FIVB)

O Brasil enfrentou a Itália na manhã desse domingo (08) pelo Pré-Olímpico precisando vencer por qualquer placar para conquistar a última vaga do grupo A, enquanto o rival precisava vencer apenas por 3 x 0 ou 3 x 1 para carimbar a vaga em Paris 2024. E em um jogo de altos e baixos, os brasileiros derrotaram os italianos no tie-break com destaque para Lucarelli e Darlan.

                 

O Brasil começou arriscando mais no saque e ditou o ritmo do jogo no primeiro set. Com a Itália visivelmente cansada em quadra, a situação ficou mais tranquila para os brasileiros com a recepção adversária desestabilizada. Assim, Giannelli não conseguiu botar os melhores jogadores para rodar bola e o sistema de saque x bloqueio brasileiro fez diferença para o Brasil fechar a parcial em 25-23.

Siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

+ Renan elogia comportamento do Brasil contra Cuba: ‘Saímos satisfeitos’

Brasil supera Itália de novo no Maranãzinho e se classifica no Pré Olímpico

A Itália começou o segundo set com mais confiança e com o passe estabilizado, Giannelli conseguiu distribuir melhor o jogo. Com a virada de bola italiana funcionando, o sistema saque x bloqueio do Brasil caiu de rendimento, e a Itália aplicou 25-23 na parcial para empatar o jogo: 1 x 1. No terceiro set, foi a vez de Michieletto ser protagonista. O ponteiro italiano teve uma passagem determinante pelo saque na metade do set e mesmo com Cachopa entrando e melhorando a precisão das jogadas de ataque brasileira, os italianos cresceram em volume de jogo e aplicaram 25-13 em cima do Brasil para virar a partida em 2 x 1.

O Brasil conseguiu reagir no quarto set e conseguiu abrir ampla vantagem com Darlan sendo decisivo no ataque. A virada de bola da Itália caiu de rendimento e Ferdinando Di Giorgi começou a tirar os titulares de quadra pensando na disputa do tie-break. Nesse embalo, o Brasil aplicou 25-17 no quarto set e empatou o jogo em 2 x 2. O Brasil começou o quinto set menos pressionado, uma vez que a Itália mesmo vencendo precisava contar com um tropeço de Cuba no jogo seguinte para se classificar. Assim, o Brasil conseguiu ter o side-out desde o início do jogo e com Lucarelli e Darlan sendo decisivos no saque e Honorato no fundo da quadra, venceu o tie-break por 15-11 e está classificado para os Jogos Olímpicos de Paris 2024.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo