Campeonato Brasileiro - Série D

Campinense vence Afogados da Ingazeira e triunfa pela primeira vez na Série D

Foto: Daniel Lins/Campinense Clube
— Continua depois da publicidade —

O Campinense recebeu o Afogados da Ingazeira e venceu o time pernambucano por 2 a 0, no Estádio Amigão, em Campina Grande, na tarde deste sábado (26), pela segunda rodada da fase de grupos da Série D. Os gols do time paraibano foram marcados pelo atacante Fábio Júnior, que não marcava em partidas oficiais desde 2012.

O Jogo

O Campinense fez sua segunda partida pelo grupo A3 e precisava vencer e casa após estrear empatando, fora de casa, com o América-RN. A partida ainda contou com a boa atuação do atacante Fábio Júnior, que não marcava gols em partidas oficiais há mais de 8 anos e sete meses, devido há muito tempo parado por causa de uma tragédia no Egito, enquanto atuava pelo Al-Ahly, em 2012, que o deixou traumatizado e longe dos gramados por um bom tempo. E a partida também contou com a estreia do atacante Jobson, ex-Botafogo. Jobson entrou no finalzinho e não deu para mostrar muito em campo com a camisa da Raposa.

Primeiro tempo

O Campinense começou a partida tomando as ações do jogo e tentava propor o jogo, principalmente pelas laterais do campo buscando amplitude, mas tinha dificuldade em dar profundidade ao jogo, enquanto o Afogados tinha dificuldade para sair jogando. 

Aos 14 minutos, saiu a jogada que o Campinense tanto queria. E foi na individualidade de Fábio Júnior. O atacante raposeiro recebeu na linha lateral da grande área, marcado por quatro defensores do time pernambucano, e encontrou uma brecha entre os defensores e soltou uma bomba que foi direto para o ângulo do gol, sem chances para o goleiro Andrei, abrindo o placar para o Campinense no Estádio O Amigão. 

Fábio Júnior marca um belo gol e ajuda o Campinense a conseguir a primeira vitória na Série D (Foto: Daniel Lins/Campinense Clube)

Logo após o gol, o Afogados tentou sair jogando e oferecer algum perigo ao Campinense, e até chegou a colocar uma bola na trave, mas o Campinense logo equilibrou as ações e sair em velocidade para o ataque. Aos 22 minutos, Fábio Júnior cruzou bola da lateral esquerda, encontrando Rafael Ibiapino que cabeceou forte mas o goleiro Andrei fez boa defesa. 

Com o decorrer do primeiro tempo, o Afogados, que precisava sair por estar atrás do marcador, passou a neutralizar as saídas de bola do Campinense e começou a oferecer perigo à defesa do time paraibano, enquanto o Campinense jogava de forma reativa, esperando encaixar um contra-ataque, e essa estratégia pouco aconteceu na primeira etapa.

E era o Afogados que chegava. Aos 47, Denis sofreu falta a dois passos da grande área. Guilherme Lucena cobrou a falta mas a bola não ofereceu perigo e o goleiro Waldson encaixou, para garantir a vantagem na primeira etapa.

Segundo tempo

A segunda etapa começou bem movimentada, e logo aos três minutos, Alex Murici saiu em velocidade e cruzou rasteiro para Téssio, que chutou para fora, em grande chance. E a pressão que a  Raposa fazia deu certo. 

Aos nove minutos, em bola cruzada por Téssio, a defesa do Afogados parou e sobrou um grande espaço para Fábio Júnior que só encostou a bola para o fundo do gol. Campinense 2 a 0. Pouco depois, aos 16 minutos por pouco que o Afogados não conseguiu diminuir, em bola cruzada por Candinho, cabeça pensante do time pernambucano, a bola viajou pela grande área e o goleiro Waldson saiu mal, de forma equivocada, e a bola por pouco não entra.

A partida ficou mais burocrática e o jogo deixou de fluir, sem grandes oportunidades ofensivas por parte das duas equipes. Só aos 39 minutos que apareceu uma chance de maior risco de gol, com Júnior Mandacaru, que recebeu a bola sozinho, driblou o goleiro Waldson, com o gol aberto, e errou a finalização. Sem mais chances reais, o Campinense vence o Afogados, em casa, por 2 a 0.

Escalações

Campinense: Waldson; Alex Murici, Anderson, Cláudio e Fabinho; Rômulo, Júnior Gaúcho e Kiko Alagoano; Allef Diego, Rafael Ibiapino e Fábio Júnior. Técnico: Givanildo Sales

Afogados da Ingazeira: Andrei; Guilherme, Edivan, Heverton Luis e Douglas Bomba; Rômulo, Diego Teles, Rodrigo, Júnior Juazeiro e Candinho; Dennis. Técnico: Adelmo Soares

Como ficam as equipes na tabela?

Com o resultado da partida, o Campinense soma quatro pontos e sobe para a segunda colocação do Grupo A3 da Série D, enquanto o Afogados, mesmo com a derrota, vem logo atrás com três pontos e na terceira colocação.

Próximos compromissos

O Campinense viaja, na quarta-feira (30), até Sobral, no Ceará, para enfrentar o Guarany, às 15h30, no Estádio Municipal Plácido Aderaldo Castelo. O Afogados também joga na quarta-feira, em casa, contra o Globo-RN, às 20h.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top