Fluminense

Celso Barros, vice geral do Fluminense, fala sobre demissão de Abel Braga e critica Fernando Diniz: ‘Nos deixou na zona do rebaixamento’

FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Celso Barros, vice-presidente eleito do Fluminense e afastado pelo presidente Mário Bittencourt desde 2019, usou as redes sociais para falar sobre a demissão do técnico Abel Braga. Segundo o ex-mandatário da Unimed Rio, o ciclo tricolor em relação ao planejamento do futebol irá se repetir mais uma vez como nos últimos anos.

Além disso, também criticou Fernando Diniz, técnico que está ganhando força nos bastidores para assumir o comando do Fluminense após saída de Abel Braga. Celso Barros relembrou a época que Diniz treinou o Tricolor e deixou a equipe na zona de rebaixamento.

+‘Se não for fora do país, a minha carreira como treinador no Brasil acabou’, diz Abel Braga

+Após Abel Braga pedir demissão do Fluminense, jogadores usam as redes sociais para enaltecer o treinador

Confira na íntegra o pronunciamento de Celso Barros:

O técnico Abel Braga pediu para sair do comando do Flu.

Repete-se o enredo dos anos anteriores do “excelente” planejamento do futebol do Fluminense.

Começa com um técnico e termina com o “salvador” Marcão.

Pode ser que como ainda estamos no início das competições mais importantes do futebol brasileiro, possamos ter um novo técnico.

Segundo o NetFlu, líderes do elenco fazem lobby pela contratação de Fernando Diniz.

Que anda esquecido pelos grandes clubes brasileiros.

No campo das hipóteses, esta é bem viável.

Ganso ficou muito triste com a saída do Diniz, e o Mário e Angioni tem por ele uma enorme admiração.

O técnico Fernando Diniz é jovem e é virgem de títulos. Além disso ao sair do Flu, quase ao final do 1º turno do Brasileirão, nos deixou na zona do rebaixamento, na 18ª colocação.

Me desculpem a expressão, mas o comando do futebol do Flu, virou uma zona.

Viva o Flu!!

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top