Futebol americano

Com 22 acusações de assédio sexual, quarterback Deshaun Watson perde patrocínios

Quarterback Deshaun Watson perde patrocínios
Foto: Trask Smith/Imago Images

Na temporada passada, o Houston Texans não teve um bom rendimento. Em compensação, o quarterback Deshaun Watson foi dono de várias ótimas performances ao longo da edição de 2020/21. Dentro de campo, foram 4.823 jardas lançadas (o melhor número nesse quesito) e 33 touchdowns. Fora dele, no entanto, o jogador acumula 22 acusações de assédio sexual e está com o futuro indefinido na NFL. A mais recente consequência dos processos foi a perda do patrocínio com a Beats By Dre, de acordo com a repórter Sarah Barshop, além da suspensão do patrocínio com a Nike.

+ Acompanhe o dia a dia da NFL

Após a conclusão da temporada passada, o quarterback Deshaun Watson deixou clara a sua insatisfação com os Texans. Isso abriu a possibilidade de o atleta ser trocado com alguma outra franquia, e várias delas demonstraram interesse na negociação. Entretanto, surgiram as primeiras informações dos casos envolvendo o astro: diferentes mulheres o acusaram de importunação sexual, e os abusos teriam acontecido em casas de massagem. No momento, 22 processos diferentes contra o quarterback tramitam na Justiça de Houston, e isso vem causando um impacto significativamente negativo na carreira de Deshaun Watson.

Em informação de Sarah Barshop, a empresa Beats By Dre, de equipamentos de áudio, encerrou a sua parceria com o jogador de 25 anos. A Nike também se posicionou e suspendeu o patrocínio com Deshaun Watson. Ainda não se sabe qual será o futuro do quarterback na NFL, pois os casos ainda estão sob investigação. De qualquer forma, o Houston Texans já pensa em um “plano B” para a próxima temporada.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top