Atlético-MG

Com contratos ultrapassando a abertura da Arena MRV, Atlético-MG se prepara para ‘nova era’

Foto: Bruno Cantini/Atlético

O Atlético-MG adotou uma postura agressiva no mercado durante a pandemia e, sem dúvidas, é o time que mais foi em busca de reforços para a temporada 2020. Até o momento o clube já trouxe seis jogadores: Alan Franco, Léo Sena, Marrony, Bueno, Junior Alonso e Keno.

O que chama a atenção nas contratações feitas é que o Atlético se reforçou não somente para a atual temporada, mas também a médio e longo prazo, com vínculos longos. O atacante Keno assinou por três anos. Alan Franco e Junior Alonso assinaram por quatro. Já Léo Sena e Marrony, por cinco.

Todos os contratos inclusive ultrapassam a data de inauguração da Arena MRV, futuro estádio do Atlético, que tem previsão para ficar pronta em meados de 2022. Em entrevistas recentes, Rubens Menin, um dos principais investidores e patrocinadores do Galo, disse que a ideia é que o clube jogue o Campeonato Brasileiro já na “nova casa”.

O único reforço que talvez não tenha a oportunidade de jogar na Arena MRV é Bueno, que foi emprestado pelo Kashima Antlers, do Japão, por um ano. Apesar de ser brasileiro, o Atlético será o primeiro clube do Brasil que o jogador defenderá, já que o zagueiro fez a carreira no futebol japonês.

Além dos jogadores trazidos o Atlético conta ainda com mais um grande reforço no elenco. O time assinou em definitivo com o meia Nathan, que estava no clube por empréstimo desde 2018. O novo vínculo do atleta com o alvinegro irá até 2024.

Apesar de tantos nomes, o Galo ainda segue no mercado em busca de um centroavante e de um goleiro.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top