Corinthians

Corinthians faz acordo na Justiça e assume dívida de R$ 2 milhões com ex-atacante Jonathas

Jonathas do Corinthians
Jonathas, atacante, teve passagem pelo Corinthians em 2018. Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Corinthians finalmente fez um acordo com o atacante Jonathas. Após passagem pelo clube em 2018, o Timão reconheceu a dívida de mais de R$ 2 milhões por direitos de imagem do ex-atleta. Assim, o processo que corria em estância judicial desde 2020 foi permanentemente arquivado.

Ao longo do imbróglio na Justiça, o Corinthians teve de assumir que ainda deve a Jonathas o valor de R$ 2.147.072,44. Segundo o portal Globo Esporte, a quantia será paga em parcelas mensais e sucessivas de R$ 178.922,70.

Para a realização do pagamento, o clube utilizará dinheiro que já foi penhorado durante a disputa judicial. O Corinthians teve de destinar parte do valor que receberia pelos direitos de transmissão de seus jogos da emissora Globo para a quitação da dívida com o atacante.

Antes de ser oficialmente extinto pela Justiça, o caso teve desdobramentos para o Timão além dos valores penhorados. O Corinthians até chegou a quitar 25% da quantia inicial estipulada. Porém, após sofrer bloqueios judiciais, o clube voltou a ficar devendo ao atleta e viu o valor da dívida ser elevado em 90%.

Com relação a bola rolando, Jonathas teve uma passagem discreta pelo Corinthians. O atacante não conseguiu engatar uma boa sequência e apenas participou de nove partidas no ano de 2018: três vitórias e seis derrotas. Jonathas marcou apenas um gol e foi devolvido ao Hannover, da Alemanha, seis meses antes do previsto.

Jonathas teve passagem discreta pelo Corinthians. Disputou apenas nove jogos e marcou um gol, sendo devolvido ao Hannover, da Alemanha, seis meses antes do previsto. Atualmente, aos 32 anos de idade, o jogador defende o Delhi Dynamos Football Club, da Índia.

Para saber mais e acompanhar tudo sobre seu time do coração, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top