Copa do Brasil

Coritiba e Flamengo se enfrentam pela quarta vez na Copa do Brasil, relembre os confrontos

Coritiba e Flamengo
Foto: Gui Moreto

Coritiba, Flamengo e Copa do Brasil é uma combinação conhecida no futebol brasileiro. Quando o sorteio da Terceira Fase consumou o quarto confronto da história da competição, ambos os lados viveram um misto de boas memórias e lembranças amargas. Mas o passado não nega: Coritiba e Flamengo pela Copa do Brasil é um duelo cheio de emoção. Relembre o que aconteceu nas três vezes em que o Rubro-Negro jogou contra o Coxa pela Copa.

1996 – Oitavas de Final

O jogo de ida foi no Couto Pereira, contou com mais de 31.000 torcedores no estádio, e o Coxa chegou a abrir o placar com Jorge Antônio. Mas o zagueiro Paulo Sérgio Gralak fez dois pênaltis no Flamengo, partiu para cima do árbitro e foi expulso. Sávio cobrou e marcou os dois gols do Mengão na bola parada. O jogo de volta, no Maracanã, acabou em 0x0, Pachequinho estava inspirado e chegou ao ataque várias vezes na partida, mas parou no goleiro Roger, que garantiu a classificação Rubro-Negra.

O Flamengo bateu o Internacional na próxima fase, pelo placar agregado de 5×4, e foi eliminado na semi-final, contra o campeão da edição, Cruzeiro.

2001 – Quartas de Final

No jogo da ida, no Couto Pereira, o Flamengo abriu o placar com Rocha, o Coxa empatou com Evair e Rocha colocou o Rubro-Negro na frente outra vez. No segundo tempo, o Alviverde virou com gols de Mabilia e Messias, de cabeça no último lance. A volta, no Maracanã, foi truncada, o Mengão abriu o placar de pênalti, com Edilson. Mas a classificação escapou do Rubro-Negro quando Maurílio fez um gol contra, que foi dado ao zagueiro Allan. O empate por 1×1 garantiu o agregado de 4×3, e o Coritiba avançou.

Na semi-final, o Alviverde foi eliminado pelo Grêmio, campeão da edição, pelo placar agregado de 4×1.

Vídeo: Grupo Helênicos

2014 – Oitavas de Final

De longe o mais emocionante dentre os confrontos entre Coritiba e Flamengo pela Copa do Brasil. Na ida, no Couto Pereira, o Mengão jogou com time misto e criou pouquíssimas oportunidades. O Coxa aproveitou e venceu por 3×0, com gols de Leandro Almeida, Luiz Antônio (contra) e Zé Love, de pênalti no último minuto.

Na volta, o jogo foi polêmico. O Flamengo teve dois pênaltis a seu favor, Alecsandro converteu os dois, e Eduardo da Silva marcou o 3×0 aos 36 do segundo tempo. A decisão foi para as penalidades, Zé Love e Alecsandro desperdiçaram as primeiras cobranças, mas o Mengão bateu o Coxa por 3×2, mesmo com uma atuação monstruosa do goleiro Vanderlei.

O Flamengo foi eliminado na semi-final, contra o Atlético Mineiro, que foi o campeão da edição. O Rubro-Negro venceu o jogo de ida por 2×0, mas perdeu a volta por 4×1 e deixou a Copa do Brasil.


No total, foram cinco pênaltis marcados em tempo regulamentar, em seis jogos entre Coritiba e Flamengo pela Copa do Brasil: quatro para a equipe carioca e um para a paranaense. Foram 16 bolas na rede, numa média de 2.7 gols por duelo, oito gols para cada time. O Mengão levou a melhor em dois confrontos, e o Coxa se garantiu em um. Na quinta-feira, os times se enfrentam outra vez, e para ficar ligado em tudo o que acontece na decisão, acompanhe o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top