Cruzeiro

Cruzeiro terá três capitães durante a temporada 2024

Lucas Silva é o capitão do Cruzeiro (Foto: Staff Images/Cruzeiro)

Cruzeiro pretende distribuir a liderança dentro de campo durante o ano, e a decisão parte diretamente do técnico Nicolás Larcamón

Foto: Staff Images/Cruzeiro

Normalmente um clube tem um capitão estabelecido e pelo menos um de “reserva” para caso aconteça algum imprevisto com o titular. No entanto, o técnico do Cruzeiro, Larcamón, pretende distribuir essa liderança na equipe durante a temporada. Em entrevista ao “Boleiragem Sportv”, o volante Lucas Silva revelou que Rafael Cabral e Lucas Romero também vão vestir a braçadeira na sequência da temporada.

                 

+ Leia as notícias do Cruzeiro

“No ano passado, quando cheguei no momento de reconstrução, com essa responsabilidade de em alguns momentos exercer liderança. Contra o Botafogo eu fui capitão. Nesta temporada, quando o Nico chegou, ele disse que eu, Romero e Cabral seríamos os capitães”, afirmou.

Lucas Silva destacou a forte identificação de alguns atletas com o clube ajuda a comissão técnica a se adaptar em Belo Horizonte.

“O momento no Cruzeiro é outro. Tivemos uma temporada difícil ano passado, nessa fase de reconstrução do Cruzeiro. Este ano é diferente, com expectativa melhor, porque o time já tem uma espinha, são jogadores identificados com clube, com a torcida. Tivemos a chegada de reforços que aumentaram o nosso nível técnico. Teve a chegada do Nico, que está com uma pegada diferente, com formação nova. Fizemos uma excelente pré-temporada”, complementou.

O jogador também ressaltou a importância do Cruzeiro ter vencido o clássico com o Atlético, na Arena MRV.

“Cravamos que o clássico seria de extrema importância e responsabilidade para o que a gente pretende na temporada. Algo que falamos desde o início é que temos que trazer o torcedor para perto do time, da diretoria, do presidente. Esse jogo contra o Atlético era chave, na casa do adversário. Conquistamos uma grande vitória”, destacou.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo