Athletico

De olho no Peñarol, Athletico volta a jogar uma partida com torcida após mais de 18 meses

Foto: Divulgação/Peñarol

O duelo entre Peñarol e Athletico, válido pela semifinal da Copa Sul-Americana, ganhou ainda mais requintes de decisão, com o fato do clube uruguaio ter conseguido a liberação para receber 40% da capacidade do estádio Campeón Del Siglo, cerca de 16 mil torcedores, na partida de ida, marcada para próxima quinta-feira (23). Inclusive, esse será o primeiro jogo do Furacão com torcida após o início da pandemia, já que durante esse período o Athletico não teve torcida em nenhum de seus jogos. A última vez que o clube jogou com público, foi no dia 4 de março de 2020, cerca de mais de um ano e meio atrás, diante do Rio Branco, pelo Campeonato Paranaense.

Esta será a primeira vez que o Peñarol contará com mais de cinco mil torcedores na Sul-Americana. Nas quartas de final, o clube uruguaio contou com o apoio de cinco mil torcedores, liberados na ocasião pela Secretaria Nacional de Esportes do país (SN). Na última semana, a entidade liberou um aumento na capacidade.

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e  Facebook.

Sobre a partida de volta, a Prefeitura de Curitiba liberou desde o dia 18 de agosto a volta dos torcedores aos estádios da capital paranaense, com capacidade reduzida de no máximo cinco mil pessoas. Entretanto, o Athletico adotou mais cautela nos protocolos e ainda não sinalizou os pedidos para liberar o acesso de público aos seus jogos na Arena da Baixada. Vale lembrar que o atual decreto é válido até o dia 6 de outubro e permite no máximo cinco mil torcedores, todos testados em até 48h antes do evento. A partida de volta entre Athletico x Peñarol, na Arena da Baixada, está marcada para o próximo dia 30 (quinta-feira), às 21h30. 

Em casa, a última vez que o Athletico atuou com público em jogos da Conmebol foi justamente diante do Peñarol. No dia 3 de março de 2020, o Furacão fez 1 a 0 no clube uruguaio, pela primeira rodada da Copa Libertadores daquele ano. O autor do gol foi Guilherme Bissoli, titular no ataque do Furacão, após uma bela jogada de Nikão. 

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top