Mais Esportes

Emma Raducanu sobe 127 posições no ranking da WTA e vai para 37° após vencer o US Open

USTA

Depois de uma campanha história que culminou na conquista do US Open, Emma Raducanu subiu 127 posições no ranking da WTA e terminará o ano na 23° posição, maior marca de sua curta carreira. E se tornou o primeiro jogador homem ou mulher a vencer um Grand Slam vindo do qualifying

Ela bateu na Arthur Ashe neste último sábado (11) a canadense de 19 anos Leylah Fernandez por 2 sets a 0, parciais de 6-4 e 6-3 que também deu um grande salto no ranking saindo do 73° para a 28°, melhor posição da carreira.

Aos 18 anos, a britânica começou o ano abaixo do top 300 (345°) e deu um grande primeiro salto para a 179° em julho depois de avançar até a quarta rodada em Wimbledon, sua estreia em um Grand Slam e chegou em Flusing Meadows como a número 150. Raducanu venceu todos os seus 20 sets jogados com 10 vitórias, três no qualifying e mais sete na chave principal. Ela se tornou a mais jovem tenista a conquistar um Major desde Maria Sharapova que em 2004 venceu na grama sagrada do All England Club aos 17 anos.

Ashley Barty e Aryna Sabalenka permanecem nas primeiras posições, enquanto a vencedora do Aberto dos Estados Unidos de 2018 e 2020 Naomi Osaka cai duas posições e vai para o quinto lugar, após ter sido eliminada por Fernandez na terceira rodada.

Completando o top 5, Karolina Pliskova agora a número #3 e Elina Svitolina #4, subindo uma posição cada após ter alcançado as quartas de final em Nova York. Duas americanas chegaram ao top 20 pela primeira vez em suas carreira, Coco Gauff de apenas 17 anos é a nova 17° e Reilly Opelka, 24, é 19°.

No ranking da ATP, Novak Djokovic segue soberano no topo, mesmo após ter caído na final do último domingo (12) para Medvedev em sets diretos triplo 6/4. A vitória do russo impediu Nole de se tornar o primeiro homem da Era Aberta desde Rod Laver em 1969 a completar o calendário Slam e de quebra ultrapassar Roger Federer e Rafael Nadal em conquistas de Majors na história. Os três estão empatados na liderança com 20 conquistas para cada.

Dois outros jovens jogadores deram seus saltos no ranking após grandes atuações chegando as quartas de finais em Flusing Meadows. O sul-africano Llyod Harris subiu 15 posições e agora é o 31° e o espanhol de 18 anos Carlos Alcaraz escalou 17 degraus e parou no 38°.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top