Cruzeiro

Fábio explica lance de expulsão na estreia do Cruzeiro na Série B; confira

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

O goleiro Fábio usou as suas redes sociais para explicar o lance que ocasionou em sua expulsão na partida contra o Confiança pela estreia do Cruzeiro na Série B. O ídolo celeste recebeu o segundo cartão amarelo ao segurar, de maneira bizarra, a bola com as mãos fora da área.

Fábio já havia sido amarelado pelo árbitro ao cometer um pênalti em cima de Neto Berola. O mesmo converteu a penalidade abrindo o placar 33 minutos da primeira etapa.

Aos 42 minutos, o Cruzeiro, que já havia perdido Adriano, que também havia recebido o segundo cartão amarelo poucos minutos antes, teve o seu capitão expulso e ficando assim com dois jogadores a menos até o restante da partida. O placar final terminou em 3 a 1 para a equipe sergipana.

Sobre o ocorrido, Fábio explicou que a sua tentativa inicial era de cortar o lance com a cabeça, mas que o quique da bola o surpreendeu e ele a agarrou no reflexo. O vídeo foi postado na noite desta segunda-feira (31), em seu perfil oficial no Instagram.

— Fala, Nação Azul. Só para esclarecer sobre a expulsão e das muitas coisas são faladas. O que aconteceu é que eu fui fazer uma cobertura fora da área, meu pensamento no lance era que a bola iria quicar e eu iria cortar com a cabeça ou dominar e chutar, tirar da zona de perigo. Infelizmente o quique da bola me surpreendeu, pegou mais velocidade e por pura reação eu coloquei a mão na bola e depois percebi que já tinha passado do limite. Foi simplesmente isso, fui como intuito de cortar essa bola fora da área, o quique me surpreendeu e na velocidade de reação eu segurei a bola no instinto, e infelizmente prejudiquei minha equipe.

Veja também: Rômulo destaca Cruzeiro focado no acesso: ‘Nem que a gente tenha que deixar a vida lá dentro’

No fim do relato, Fábio ainda destaca a sensação de ter deixado a equipe com dois jogadores a menos. Além disso, ressalta que foi apenas a primeira “batalha” em busca do acesso à Série A.

O que eu fico mais triste não foi pelo erro e sim por ter deixado os meus companheiros no momento mais delicado da partida onde já tínhamos sido prejudicado com uma expulsão. Então, é com isso que fico mais chateado. Não pelo meu erro, mas sim por não poder ajudar meus companheiros. Seguimos firmes na guerra, só começou a batalha, e eu tenho fé em Deus que vai dar tudo certo.

No próximo compromisso celeste, que será diante do Juazeirense pela Copa do Brasil, nesta quinta-feira (3), no Mineirão, Fábio poderá estar em campo. Isso porque, a suspensão é válida apenas para a Série B, que deverá ser cumprida contra o do CRB, pela segunda rodada da Série B, também no Gigante da Pampulha.

O provável substituto do ídolo celeste deverá ser Lucas França que entrou contra o Confiança após a expulsão de Fábio, no lugar de Rafael Sobis.

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top