Futebol Internacional

Fora de casa, Atlético de Madrid goleia Osasuna e entra na zona da Champions

Foto: Twitter/Atleti

Pela 29ª do Campeonato Espanhol, o Atlético de Madrid visitou o Osasuna e venceu a primeira após a retomada da competição. Com gols de João Félix (2), Llorente, Morata e Carrasco, a equipe comandada por Diego Simeone goleou por 5 a 0 e vai dormir na zona de classificação para a Champions League.

Agora na 4ª posição com 49 pontos, o Atlético depende de um tropeço da Real Sociedad (47 pontos) para se manter no G-4. A equipe do País Basco tem um jogo a menos e enfrenta o Alavés fora de casa, nesta quinta-feira. Já o Osasuna, com o resultado negativo, se manteve na 11ª posição, com 35 pontos.

O JOGO

O confronto de duas equipes conhecidas por não gostarem de ter a posse de bola e por terem um jogo reativo não poderia ter sido diferente. Desde o início, um festival de bolas longas e lançamentos de ambos os lados, buscando as duplas de ataque. Coube ao Atlético de Madrid, com mais qualidade técnica, abrir mão parcialmente do estilo de jogo direto e ficar mais com a bola, ditando o ritmo da partida e pressionando o adversário.

E a mudança surtiu efeito. Aos 27 minutos, em jogada iniciada pelo lado esquerdo com o brasileiro Renan Lodi, o Atleti abriu o placar. O lateral rolou a bola na medida para Saúl, mas o meia finalizou mal. A zaga rebatou a bola, que sobrou em ótimas condições para o jovem João Félix encher o pé direito e marcar um belo gol.

João Félix abriu o placar com um belo gol (Foto: Twitter/Atleti)

No segundo tempo, o Atlético se impôs do início ao fim e construiu um placar elástico. Logo aos 12 minutos, o argentino Ángel Correa achou um belo passe para Diego Costa, que infiltrava na defesa do Osasuna. O atacante espanhol saiu sozinho contra o goleiro Rúben Martínez e rolou a bola para João Félix apenas completar para as redes e marcar o segundo dele na partida.

Com o placar confortável, a partida ficou fácil para os visitantes, que tiveram paciência para aumentar a vantagem. E com a mão do técnico Simeone. Na etapa final, o treinador realizou quatro substituições e três jogadores que entraram balançaram as redes, em um intervalo de apenas nove minutos.

Primeiro, aos 34 minutos, o meia Marcos Llorente marcou com um chute forte no canto do goleiro. Logo depois, aos 38′, o atacante Álvaro Morata recebeu sozinho e finalizou cruzado para marcar o quarto. O assistente ainda chegou a anular o gol, assinalando impedimento, mas o árbitro de vídeo confirmou a posição legal. Aos 43′, a defesa do Osasuna foi pressionada, saiu jogando errado e a bola sobrou para Yannick Carrasco estufar as redes e pôr ponto final à goleada.

MELHORES EM CAMPO

João Félix comemora o segundo gol na vitória do Atleti (Foto: Twitter/La Liga)

Após desfalcar o Atlético na última rodada, com uma lesão no joelho, o meia português João Félix voltou a campo e teve bela atuação. Depois de começar apagado, o jovem abriu o placar para os visitantes com um belo chute no ângulo. Já na etapa final, a joia de apenas 20 anos marcou o segundo e garantiu os três pontos para o Atleti.

Essa foi a primeira vez que João Félix marcou dois gols na mesma partida pelo Atlético de Madrid. O jovem custou € 126 milhões ao clube espanhol e agora acumula oito gols na atual temporada. Recuperado da lesão e em boa fase, promete ser uma das peças-chave da equipe na reta final da La Liga e da Champions League.

Outro destaque da partida foi o meia Marcos Llorente, que entrou no segundo tempo e, em apenas 31 minutos, marcou um gol e deus duas assistências.

FIM DE TABUS

Com a goleada, o Atleti volta a vencer na La Liga após quase quatro meses. A última vitória havia sido o 3 a 1 contra o Villarreal, no dia 23 de fevereiro, em jogo válido pela 25ª rodada.

Nas duas últimas rodadas antes da paralisação, a equipe empatou contra Espanyol e Sevilla. No último domingo, na primeira partida na volta da competição, mais um empate, dessa vez contra o Athletic Bilbao. Não à toa, a equipe tem o maior número de empates entre todos os times: 13 no total.

Além disso, o Atleti pôs fim ao tabu de seis meses sem vitórias fora de casa. A última vez que o clube havia conquistado três pontos longe do Wanda Metropolitano foi contra o Bétis, em 22 de dezembro de 2019. Na ocasião, Correa e Morata marcaram no Estádio Benito Villamarín e garantiram o 2 a 1 para o Atlético.

MAIOR SÉRIE INVICTA

A vitória contra o Osasuna representa também a extensão da sequência de partidas invictas para a equipe de Simeone. Nas últimas sete rodadas, foram três vitórias e quatro empates.

Dessa forma, o Atleti permanece sendo o time da La Liga há mais tempo sem ser derrotado. O último revés foi o 1 a 0 no clássico contra o Real Madrid, em 1º de fevereiro, pela 22ª rodada da competição.

SEQUÊNCIA NO ESPANHOL

Na próxima rodada, o Atleti recebe o Real Valladolid no Wanda Metropolitano, querendo se consolidar no G-4. A partida será no sábado, às 17h30 (horário de Brasília).

Também pela 30ª rodada, o Osasuna visita o Valencia em busca da primeira vitória após a retomada da La Liga. O jogo será no Estádio Mestalla, no domingo, às 14h30 (de Brasília).

Siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top