Futebol Internacional

Gabriel Jesus marca, e Manchester City vence o Leicester City fora de casa

Tim Keeton via Imago Images

O Manchester City visitou o Leicester City neste sábado (dia 3) e venceu por 2 a 0, em confronto válido pelo 30ª rodada da Premier League. Benjamin Mendy abriu o placar, e Gabriel Jesus completou o resultado. Com a vitória, os Citizens abrem 17 pontos de vantagem na liderança da Premier League, e os Foxes estacionam na terceira colocação com 56 pontos.

O Manchester City chegou hoje a cinco vitórias seguidas, quatro partidas consecutivas sem sofrer gols e quebrou uma sequência de quatro jogos de invencibilidade do Leicester.

+ Mapa da mina: como saíram os gols de cada equipe na Premier League 2020/2021?

+ Pep Guardiola e Thomas Tuchel evitam falar sobre possível contratação de Haaland em suas equipes

Dois gols anulado; pressão do líder

O Manchester City dominou o primeiro tempo em posse de bola e criação de chances. A estratégia adotada pelo técnico do Leicester, Brendan Rodgers, era se fechar e sair em velocidade nos contra ataques com os atacantes Vardy e Iheanacho, para pegar a defesa desorganizada e explorar possíveis buracos. Não houve, no entanto, essa chance. Os Citizens marcaram muito bem e não permitiram que os Foxes saíssem jogando pelo chão. A pressão foi tão grande que o time da casa não finalizou na etapa inicial.

A defesa do Leicester também foi consistente na metade inicial da partida e ofereceu poucas oportunidades de gol para o adversário: apenas seis finalizações (uma no alvo).

Logo aos 5′, Fofana afastou um cruzamento de Rodri, mas a bola sobrou para Fernandinho. Ele arriscou de primeira, de muito longe, e balançou as redes para abrir o placar. O assistente, entretanto, assinalou a posição irregular de Sergio Agüero, que estava impedido e interferiu na visão do goleiro Schmeichel.

Aos 18′, !! Castagne errou um passe no campo defensivo. Mahrez interceptou com um toque, e a bola sobrou para Agüero, que pegou de primeira, sem deixá-la cair no chão, mas o chute foi por cima do gol. Aos 22′, De Bruyne acertou a trave em cobrança de falta.

Aos 41′, Walker cobrou lateral para Gabriel Jesus, que escorou de calcanhar para Mahrez. O argelino ajeitou para o pé esquerdo e bateu para o gol, mas Schmeichel esticou a perna direita e fez a defesa. No rebote, Rodri tocou para De Bruyne, que cortou para a direita e bateu de longe, mas para fora. Gabriel Jesus ainda teve chance de fazer o gol aos 44′, após lançamento de De Bruyne. O brasileiro partiu para cima da marcação de Evans, puxou para a direita e bateu, mas sem direção.

Nos acréscimos, o Leicester finalmente chegou ao ataque. Ayoze Pérez recebeu a bola entre as linhas do Manchester City e ligou Vardy por trás da defesa. O atacante driblou Ederson e marcou o gol. O auxiliar, contudo, assinalou a posição de impedimento do camisa 9.

+ Em reedição da polêmica final de 2018, Real Madrid e Liverpool duelam pelas quartas da Champions em meio à desconfiança e lesões

+ Kanté pode ser ausência no Chelsea para confronto da Champions League contra o Porto

Triunfo de Manchester

O Leicester voltou do intervalo melhor do que estava antes. Tielemans, em seis minutos, já havia finalizado duas vezes. A primeira foi aos 48′, quando o belga recebeu da direita, puxou para a esquerda e arriscou de longe. Ederson fez a defesa tranquila. A segunda foi aos 51′, Iheanacho roubou a bola de Fernandinho no meio, avançou, driblou Laporte e rolou para Tielemans, que bateu firme, mas Rúben Dias bloqueou o chute.

Aos 59′, o Manchester City conseguiu furar a defesa do Leicester e abriu o placar. De Bruyne encontrou Mahrez na área. Ele bateu para o gol, mas Schmeichel espalmou. No rebote, Rodri cruzou para Gabriel Jesus, que tentou o voleio, mas a defesa afastou o perigo. A bola sobrou para Mendy, que fingiu o chute com a perna esquerda, puxou para a direita e bateu colocado, tirando as chances de defesa de Schmeichel.

O jogo deu uma esfriada por quinze minutos, até que De Bruyne, aos 74′, deu um passe fantástico para Gabriel Jesus. Ele tocou de primeira para Sterling do outro lado da área, que optou por não chutar a gol: cortou para o meio e devolveu para o brasileiro, que apenas escorou para o gol e ampliou o placar.

Aos 78′, quase saiu o terceiro. De Bruyne tocou para Mahrez, que chutou colocado, mas a bola passou perto da trave. Aos 86′, o Leicester teve boa oportunidade de diminuir o placar. Ayoze Pérez driblou três jogadores e tocou para Vardy, que rolou para Castagne na esquerda. O lateral virou o jogo para Ricardo Pereira, que passou de primeira para Maddison dentro da área, mas o chute saiu fraco e Ederson defendeu com tranquilidade.

Próximos compromissos

O Manchester City voltará a campo na próxima terça-feira (dia 6) pelas quartas de final da Liga dos Campeões contra o Borussia Dortmund, no Etihad Stadium. Pela Premier League, receberá o Leeds United no dia 10 (sábado). O Leicester City jogará novamente apenas no dia 11 (domingo) contra o West Ham em Londres.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top