Lutas

Glover Teixeira indica que fim de carreira está próximo e fala local para a última luta

Divulgação/Facebook Oficial UFC Brasil

Glover Teixeira fará em junho sua primeira defesa do cinturão dos meio-pesados no UFC 275, contra Jiri Prochazka. Os fãs do brasileiro, no entanto, não devem se acostumar muito com um possível reinado duradouro do lutador.

Tudo pelo fato do mineiro prever que pode se aposentar ainda mesmo em 2022. O lutador deu entrevista ao podcast ‘Mundo da Luta’ e revelou que o encerramento de sua carreira no MMA pode estar próximo de acontecer. E até mesmo revelou o local onde quer realizar seu combate derradeiro: Nova York, em novembro.

LEIA TAMBÉM

+ Global Titans Fighting remarca duelos de Anderson Silva e Mayweather para sábado

– O plano perfeito seria eu ganhar essa luta e, em novembro, fazer uma última disputa em Nova York, que é perto de onde moro (Danbury, em Connecticut) há 20 anos, perto da minha academia. Seria minha despedida da luta. No momento, estou pensando nisso. Farei 43 anos em novembro, independente de eu estar lá em cima, sendo o melhor do mundo ou não, quero parar neste ano – disse Glover.

O brasileiro revelou que a aposentadoria é algo que tem pensado há algum tempo, querendo fechar a carreira para se dedicar à sua academia. Para o campeão dos meio-pesados, a parada será legítima e não um tentativa de ‘barganha’ em negociações com o UFC ou outras organizações de MMA, citando Henry Cejudo como um exemplo do que não deseja fazer assim que anunciar o fim de carreira.

– Provavelmente, este será meu último ano. Não quero pensar isso depois de uma luta. mas é o que estou pensando já há algum tempo. Não quero me aposentar igual ao Cejudo, que toda hora fica querendo uma luta. Quando me aposentar, eu quero ficar tranquilo. Eu acredito que este seja o plano perfeito, que seria aposentar neste ano e com o cinturão. Mas para isso, muita coisa ainda precisa ser feita. Tem que ver se vai ser em Nova York, e eu ainda tenho que ganhar de um cara duro antes. Esta é a minha visão – afirmou.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top