Futebol Internacional

Inter vence a Juventus para ficar com seu oitavo título da Copa da Itália

Foto: Francesco Pecoraro/Getty Images

Pela decisão da Copa da Itália, Juventus e Inter de Milão se enfrentaram, nesta quarta-feira (11), no Estádio Olímpico de Roma. Em jogo bastante movimentado, melhor para a Inter de Milão, que conseguiu superar a Juventus já na prorrogação. O placar de 4 a 2 foi construído com dois gols de Perisic, além de um de Barella e outro de Çalhanoglu; Alex Sandro e Vlahovic marcaram para a Juventus. A Inter conquistou a Copa da Itália pela oitava vez em sua história.

Logo no primeiro lance de perigo do jogo, aos seis minutos, a Inter de Milão abriu o placar. Barella recebeu pela esquerda, passou pela marcação de Cuadrado e bateu colocado no canto esquerdo. O goleiro Perin, da Juventus, nem pulou para tentar a defesa: Inter de Milão 1 a 0.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Atrás do marcador, a Juventus se lançou ao ataque e o goleiro Handanovic, da Inter, começou a se tornar o grande nome da decisão. Na primeira, após cobrança de falta, Rabiot deu um leve desvio de cabeça e o goleiro defendeu com segurança. Pouco depois, Dybala recebeu pela direita, trouxe para a perna esquerda e bateu rasteiro, mas Handanovic fez nova defesa.

Um pouco antes do 25 minutos, a Juventus recuperou no ataque com Bernadeschi, que serviu Dybala. O argentino viu a passagem de Vlahovic e tocou para bom chute cruzado do atacante, mas Handanovic mandou para escanteio. Dois minutos depois, Bernadeschi resolveu arriscar de fora da área, a bola desviou na zaga e Handanovic mandou para escanteio. Após a cobrança, De Ligt cabeceou e o goleiro da Inter salvou novamente.

A pressão da Juventus seguiu em novo lance de escanteio cobrado pela esquerda. A zaga da Inter aliviou parcialmente e Dybala teve a chance da finalização, mas acabou errando o alvo. Ainda no primeiro tempo, a Inter de Milão teve sua chance com Brozovic, mas a finalização saiu por cima do gol.

Juventus vira rápido, mas Inter busca o empate

Na volta para o segundo tempo, as equipes voltaram sem mudanças, mas a Juventus virou a partida em menos de dez minutos. Aos cinco, em pressão no ataque, Vlahovic finalizou contra a defesa, mas, no rebote, Alex Sandro chegou chutando. A bola ainda desviou na zaga e enganou o goleiro Handanovic: 1 a 1.

No ataque seguinte, Dybala encontrou grande passe para Vlahovic pela esquerda, o atacante invadiu a área, deu grande corte sobre D’Ambrosio e finalizou, mas Handanovic defendeu. No rebote, o próprio Vlahovic mandou para a rede e virou o placar: Juventus 2 a 1.

Logo após sofrer o gol, a Inter quase empatou em lance pela esquerda. Depois de cruzamento, Darmian pegou de primeira e mandou no canto, mas Perin fez boa defesa. A pressão seguiu após algumas mudanças nas duas equipes e Dimarco arriscou de fora da área, mas a bola desviou na defesa e saiu.

Até que em lance pela direita, a bola foi cruzada para Perisic, que escorou para Lautaro. O jogador foi derrubado por Bonucci e a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, Çalhanoglu bateu com extrema categoria no ângulo esquerdo para fazer um belo gol: 2 a 2. Sem mais grandes oportunidades, o jogo foi para a prorrogação.

Inter marca mais dois na prorrogação e define título

No primeiro tempo da prorrogação, a Inter de Milão partiu em busca do terceiro gol e teve a primeira boa chance. Alexis Sánchez, que entrou no final do segundo tempo, arriscou de fora da área, mas o goleiro Perin fez boa defesa. Até que em mais um lance no ataque, De Vrij foi derrubado por De Ligt. Na revisão pelo VAR, o árbitro marcou o pênalti. Perisic bateu com categoria e recolocou a Inter em vantagem: 3 a 2.

Não demorou muito e veio o quatro gol da Inter de Milão. Dimarco fez boa jogada pela esquerda e deu passe para Perisic. O croata dominou já levantando a bola e conseguiu um grande chute, sem chances para Perin: Inter 4 a 2 e placar definido no primeiro tempo da prorrogação.

No segundo tempo da prorrogação, a Inter, com vantagem no placar, conseguiu segurar as ações da Juventus, que teve sua primeira chance apenas aos cinco minutos, quando Moise Kean passou pela marcação e chutou sem direção. Apesar da pressão, a Juventus não conseguiu mais fazer gols e a conquista ficou com a Inter.

Com a vitória, a Inter de Milão quebrou um jejum de títulos na Copa da Itália que já durava desde a temporada 2010/11, chegando assim ao seu oitavo título do torneio. Já a Juventus fecha oficialmente a temporada sem conseguir levantar taças, já que também não tem mais chance de conquistar o Campeonato Italiano.

Em busca do título de mais um título nacional, a Inter de Milão terá mais dois jogos para tirar a vantagem de dois pontos do Milan (80 a 78) no Campeonato Italiano. A equipe entra em campo no próximo domingo (15), às 15h45 (de Brasília), quando vai encarar o Cagliari, fora de casa. A Juventus, por sua vez, enfrenta a Lazio, em casa, na próxima segunda-feira (16), às 15h45 (de Brasília).

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top