Futebol Internacional

Ex-São Paulo, Jardine consegue classificação histórica no México

Divulgação

Dá pra dizer que quem é Made In Cotia faz sucesso também fora do São Paulo e exemplos não faltam, desde Antony, David Neres, Lucas, Militão, entre muitos outros nomes. Também dá pra dizer que até um treinador pode ser cria da base do tricolor paulista. Multicampeão com o time sub-20 do São Paulo, o técnico André Jardine não teve o mesmo sucesso no profissional do clube, mas agora, em outros ares, vem conseguindo resultados históricos no futebol mexicano.

Depois de ser campeão da Olimpíada com a Seleção Brasileira, o segundo título do Brasil no futebol olímpico, o treinador assumiu o Atlético San Luís, em fevereiro, e neste final de semana conquistou uma vaga nas quartas de final do torneio Clausura, no México, fase chamada de “Liguilla”, e cravou melhor resultado da história do time.

Estar entre os oito melhores times do México é um feito fantástico. É claro que tínhamos primeiro que cumprir o objetivo de sair do fundo da tabela e evitar pagar a multa, mas desde meu primeiro dia aqui, me surpreendi com a forma com que o elenco entendeu meu modo de trabalhar e mostrou ambição para buscar coisas grandes e fazer história pelo clube – comentou André Jardine.

Para saber tudo sobre o São Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Para conquistar a vaga, o time do ex-tricolor derrotou o Monterrey nos pênaltis, após um empate em 2 a 2 no tempo regulamentar, em jogo disputado fora de casa. O resultado mostra uma recuperação surpreendente do Atlético San Luís, que não vinha de boa campanha até a chegada de Jardine.

O time tinha três derrotas quando o brasileiro assumiu, amargava a parte de baixo da tabela e não vencia um jogo em casa há cerca de cinco meses, um retrospecto muito negativo. No entanto, após o do trabalho, o San Luís engatou uma boa sequência, conquistando seis vitórias e dois empates e conseguindo a vaga na repescagem com uma rodada de antecedência.

No entanto, uma derrota para o Santos Laguna, na última rodada, colocou o time com a 10ª colocação, enfrentando o 7º colocado Monterrey, fora de casa. O time mostrou novamente a superação e tinha a vaga direta, sem precisar das penalidades, até literalmente o último lance do jogo, quando Michell Rodríguez marcou o gol de empate do Monterrey. Mesmo cedendo o resultado no último lance, o San Luís, relembrando o poder que também mostrava o sub-20 do São Paulo, não se abalou e venceu por 3 a 1 na disputa de pênaltis.

Com a boa campanha, Jardine caiu nas graças dos torcedores mexicanos, que apelidaram a equipe de “La Jardineta”. Agora, o desafio é conseguir superar os gigantes mexicanos nos playoffs, nunca antes disputados pelo Atlético San Luís, apesar do time anterior da cidade, também chamado San Luís, ter chegado até a disputar Libertadores em 2009.

Na “Liguilla” os jogos serão no formato ida e volta e o fator casa será muito importante, algo que Jardine recupero na equipe, conquistando quatro vitórias no estádio Alfonso Lastras.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top