Automobilismo

Max Verstappen fecha pré-temporada da Fórmula 1 com o melhor tempo

Max Verstappen no topo! O holandês fez o tempo mais rápido dos testes no Bahrein, superando Leclerc e Alonso antes da estreia oficial da Fórmula 1 2022.

Foto: Divulgação / Formula 1

O ano mudou mas a nova temporada da Fórmula 1 chegará com uma visão conhecida no topo: o agora número 1 do grid, Max Verstappen. O campeão da categoria finalizou o terceiro e último dia de pré-temporada colocando o tempo mais rápido com o RB18, marcando 1:31.720 no circuito do Bahrein.

(Divulgação / Formula 1)
Max Verstappen marcou o tempo mais rápido da pré-temporada no Bahrein e deu o tom para a estreia da F1 (Divulgação / Formula 1)

A diferença para o segundo na tabela, Charles Leclerc*, ficou em 0.695, com o monegasco no composto C4, o segundo mais macio, enquanto o holandês fez seu tempo no C5, o mais macio disponível.

*tempo batido por Mick Schumacher nas duas horas exclusivas para a Haas, que teve problemas logísticos e perdeu parte do primeiro dia de treinos. O alemão fez 1:32.241 no composto C4 e marcou o melhor segundo setor da sessão.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

tempo final do terceiro dia de testes da fórmula 1
Tempos oficiais após as duas horas exclusivas da Haas (Divulgação / Fórmula 1)

Quem fechou o trio mais rápido foi Fernando Alonso. O espanhol repetiu o composto de pneus de Leclerc na sua Alpine e ficou com uma diferença de 0.978 para Max Verstappen. Alonso também foi o segundo piloto com mais voltas no dia, com 122 no total, atrás apenas de Nicholas Latifi, que completou 124.

A bandeira vermelha mais duradoura no dia foi para Valtteri Bottas. Faltando cerca de trinta minutos para encerrar a sessão, o finlandês encostou sua Alfa Romeo C42 com problemas, travada na quarta marcha e não conseguiu voltar para a pista no restante do dia. Mesmo com a falha, a Alfa Romeo foi a equipe com mais voltas no dia, com 150 voltas somando Bottas e Guanyu Zhou. A segunda no quesito foi a Mercedes, com 149 voltas completas de Hamilton e Russell.

(Divulgação / Alfa Romeo F1)
Bottas marcou o quinto tempo do dia 3 mas teve problemas mecânicos (Divulgação / Alfa Romeo F1)

Enquanto Red Bull e Ferrari vão demonstrando muito potencial de velocidade nos três dias, a Mercedes não conseguiu exatamente dar uma resposta para os possíveis rivais na disputa pelo título. No final da sessão da manhã do terceiro dia, Hamilton assumiu que eles “não eram os mais rápidos no momento” e que por enquanto não brigarão por vitórias, enquanto Russell acredita que a octacampeã ainda está “um passo atrás” dos rivais.

Outra equipe que teve problemas na pré-temporada foi a McLaren. O carro teve problemas no último dia de testes e, além disso, a péssima notícia de que Daniel Ricciardo não poderia participar da pré-temporada pelo seu teste positivo da COVID-19. Assim, a equipe foi a que deu menos voltas somando os três dias no Bahrein, e ainda perdeu o feedback do australiano para o carro antes da estreia oficial no próximo fim de semana.

Ainda sobre a McLaren e Ricciardo, a Alpine ofereceu Oscar Piastri, o prodígio campeão da Fórmula 2 na sua temporada de estreia em 2021, como reserva para a equipe britânica, já que há a possibilidade do número 3 do grid não estar disponível para a corrida. Assim, seu compatriota australiano Piastri poderá estrear pelas cores da McLaren, ainda que a escuderia francesa tenha feito a ressalva de que o jovem piloto continua sob contrato da Alpine, que tem a prioridade nas decisões.

(Divulgação / McLarenF1)
Norris deu 198 voltas nos três dias de treino no Bahrein (Divulgação / McLarenF1)

Depois de diversos testes em Barcelona e no Bahrein, mudança de última hora no grid com a chegada de Kevin Magnussen, a Fórmula 1 está devidamente pronta para estrear sua nova temporada no Bahrein. O primeiro fim de semana da categoria começa com os treinos livres no dia 18, sexta-feira, a partir das 09h, horário de Brasília.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top