Automobilismo

Mercedes se impõem no Q3, Valtteri Botas faz a pole e Lewis Hamilton fica em segundo

(Wolfgang Rattay / Pool / AFP via Getty Images)

Parecia que iria ter surpresas no treino classificatório do grande prêmio de Eifel, em Nürburgring, na Alemanha. Parecia. Após ficar na frente do Q1 e se colocar entre as Mercedes no Q2, Max Verstappen chegou forte para quebrar uma sequência de 11 poles da equipe alemã, mas na hora decisiva, Valtteri Bottas cravou a primeira colocação, com Lewis Hamilton em segundo e o holandês da Red Bull ficou com a sua já rotineira terceira colocação.

Uma das grandes surpresas do treino foi Charles Lecrerc. Mesmo com a Ferrari vivendo uma péssima temporada, o monegasco conseguiu se classificar em quarto lugar. Porém, seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel, continua vivendo uma temporada de pesadelos e não passou para o Q3, e vai largar na 11ª colocação.

Talvez a grande decepção do treino tenha sido Nico Hulkenberg, mas o alemão tem uma desculpa. Lance Stroll se sentiu mal durante a madruga e foi substituído por Hulk, que já tinha disputado duas corridas pela própria Racing Point, mas no lugar de Sergio Pérez, que havia contraído Coronavírus. Porém, ter entrado de última hora não foi bom para o piloto da casa e ele vai largar no fim do grid.

O GP de Eifel será neste domingo (11), com a largada acontecendo às 9h10.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top