Flamengo

Mesmo com alguns titulares em má fase, Dome termina mais um jogo sem completar as cinco substituições

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O catalão Domènec Torrent ainda não completou sequer um mês de Flamengo. Enquanto procura a melhor formação e dar a sua cara ao time, o treinador de 58 anos não tem usado muito as boas peças que tem no seu banco de reservas.

No jogo de ontem diante do Grêmio, Dome completou mais um jogo sem usar as cinco substituições a que tem direito de acordo com a nova regra temporária da FIFA. Mais do que apenas “mexer por mexer”, o time só jogou bem os 90 minutos em apenas um desses quatro jogos, o que significa que o treinador não tem sequer dado oportunidade aos reservas de mostrarem suas credenciais nas partidas.

Contra o Atlético-MG, foram apenas três alterações, contra o Goianiense foram quatro apenas porque o goleiro Diego Alves foi expulso e Dome precisou colocar o reserva César. Contra o Coxa, apenas duas alterações e ontem contra o Grêmio, apenas três de novo.

Com alguns titulares de 2019 em péssima fase como Gerson e Bruno Henrique, fica difícil entender a decisão do catalão em não rodar o elenco. Jogadores de alto nível como Pedro Rocha e Thiago Maia ainda não tiveram um minuto sequer em campo numa partida oficial com o novo treinador. Léo Pereira ainda não conseguiu se firmar, mas Gustavo Henrique só teve 45 minutos e no fatídico jogo em Goiás, onde Dome teve noite de “professor Pardal”.

Na coletiva pós-jogo, Torrent se defendeu: “Acho que não é obrigatório trocar os 5 jogadores especialmente quando eu estou feliz com os jogadores que estão jogando. Quando você está feliz com os jogadores que estavam jogando, eu não preciso fazer em cada jogo 5 mudanças.”

É compreensível que o técnico queira prestigiar e dar confiança para os jogadores vencedores do ano passado, mas ele tem pouco tempo para treinar o time e precisa mostrar resultados rapidamente. Seria importante uma rodagem no elenco para dar um “descanso” aos que estão em má-fase e também manter motivados os reservas. Nesse calendário ainda mais apertado pós paralisação, ter os suplentes em boa forma e empolgados também pode ser um fator primordial para quem deseja ser campeão.

Para saber tudo sobre o Flamengo, continue seguindo o Esporte News Mundo.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top