Mais Esportes

Opinião: Andy Murray é eliminado na estreia do US Open de cabeça erguida

Andy Murray eliminado US Open Grand SLam Stefanos Tsitsipas
Foto: Divulgação/US Open

Três conquistas e oito vice-campeonatos de Grand Slam, tendo perdido as decisões somente para Roger Federer e Novak Djokovic. No total, Andy Murray acumula 46 títulos de simples e três de duplas. Além das vitórias em Slams e em Masters 1000, o escocês é o único tenista a sagrar-se bicampeão olímpico.

Não satisfeito com as inúmeras glórias, o campeão do US Open de 2012 voltou às quadras mesmo após ter anunciado a aposentadoria.

Devido a uma lesão complicada no quadril, o ex-número um do mundo antecipou a aposentadoria em 2019 depois de realizar uma cirurgia. Porém, o atleta de 34 anos foi operado mais uma vez e teve uma boa recuperação, o que o permitiu continuar jogando.

+ Thiago Monteiro faz jogo duro, mas cai na primeira rodada do US Open

Menos resistente, Andy Murray não manteve o alto nível e se viu caindo cada vez mais no ranking da ATP. Fora do top 100, o britânico passou a ser convidado para disputar a chave principal dos torneios mais importantes.

Eliminado na segunda rodada do US Open e na estreia de Roland Garros na última temporada, o bicampeão de Wimbledon alcançou a terceira fase da grama sagrada em 2021, mas sem enfrentar um favorito.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Desta vez, no Arthur Ashe Stadium, quadra principal do Aberto dos Estados Unidos, Murray sucumbiu ao campeão de Monte Carlo, Stefanos Tsitsipas, que é o terceiro favorito à taça em Nova Iorque. O grego superou o #112 no quinto set após quase cinco horas de duelo.

Em um campeonato que exige muito do físico, como o US Open, Andy Murray jogar de igual para igual contra um dos maiores tenistas da nova geração é uma conquista. Ainda mais quando é colocado em questão os últimos três anos do britânico. Murray não não precisa provar mais nada, mas faz questão de garantir aos amantes do esporte espetáculos como o desta segunda-feira (30).

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top