Internacional

Pedro Henrique, zagueiro do Internacional, reforça expectativa de atuar no Gauchão: ‘Esperei muito essa oportunidade’

Reprodução/Internacional

A temporada 2021 está finalmente começando para o Internacional. Menos de uma semana após o fim do Brasileirão, o clube optou por dar folga de dez dias ao elenco principal e, por isso, o time no estadual será formado por garotos. Apesar disso, alguns nomes do profissional foram trazidos ao grupo, para dar certa experiência ao sub-20. Entre eles, está o zagueiro Pedro Henrique, que, em entrevista para o “Canal do Inter” se mostrou animado com as possibilidades de atuar.

– A expectativa é muito alta. Esperei muito por essa oportunidade, assim como todos os meninos que estão juntos agora. Estamos procurando assimilar o que o Fábio (Matías), vem falando para fazermos uma boa estreia – revelou Pedro Henrique.

Apesar de Miguel Ángel Ramírez já ter chego em Porto Alegre, o treinador, no estadual, também será oriundo da base. Fábio Matías é conhecido, principalmente, pelo título da Copa São Paulo de Futebol Júnior, no ano passado. Conhecendo o comandante, Pedro Henrique fez diversos elogios a ele e aos métodos de trabalho implementados.

– O Fábio é um grande treinador e tem nos passado o máximo que ele conseguiu nestes dois treinos. Mas ele segue tentando nos trazer o máximo de informações possíveis para que estejamos prontos – elogiou Pedro Henrique, sobre o treinador que iniciará o Gauchão na casamata.

Pedro Henrique é um dos profissionais no elenco sub-20

Para o Gauchão, o Inter optou por levar o time sub-20. Todavia, buscando dar maior confiança e experiência ao elenco, o colorado selecionou seis nomes do profissional para atuar junto dos garotos. Mesmo jovem, Pedro Henrique é um deles, e será titular na estreia contra o Juventude, nesta segunda-feira (01). Diante deste cenário, o zagueiro sabe que, essa rodagem, precisa servir de auxílio para aqueles meninos da base.

– Eu pude aprender bastante no profissional, com Moledo, Cuesta e também com o Lucas, que era um amigo próximo. Procurei assimilar e aprender o máximo, principalmente observando os jogos e conversando com eles. Acho que, neste ano, conseguirei colocar em prática com as oportunidades. Temos ajudado eles no vestiário. No dia-a-dia a gente conversa, muitos são meus amigos da época de base. Com isso temos uma boa intimidade para se comunicar dentro de campo e creio que dará tudo certo – finalizou Pedro Henrique, ressaltando a importância da troca de experiências com os mais jovens.

Para saber tudo do Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top