Athletico

Rumo a Espanha, Vitor Roque se despede dos companheiros no CT do Caju

Liberado para se juntar ao Barcelona, Vitor Roquue se despediu dos companheiros e funcionários do Athletico - (Foto: José Tramontin/Athletico)

Liberado para se juntar ao Barcelona, o atacante se despediu nesta terça dos companheiros de time e funcionários do Athletico

Foto: José Tramontin/Athletico

O atacante Vitor Roque se despediu dos companheiros de time e dos funcionários do Athletico nesta terça-feira (5). O clube informou que o jogador foi até o CT do Caju. No último domingo, contra o Santos, Roque realizou a última partida com a camisa do Athletico, antes de embarcar para a Espanha e se juntar ao Barcelona. Ele não atuará diante do Cuiabá, na Arena Pantanal, pela última rodada do Brasileirão.

                 

+ Sem Vitor Roque e com mais quatro desfalques, Athletico se prepara para a última rodada do Brasileirão

Durante sua última partida, Vitor Roque usou uma camisa especial, com um patch personalizado. Além de receber outras homenagens do clube e ser muito ovacionado pelo torcedor do Furacão.

– Desde que eu cheguei o torcedor me acolheu muito bem. É triste deixar o Furacão e o torcedor que sempre torceu por mim. Mas é um sonho meu estar indo para a Europa. Com humildade vai dar tudo certo. – Afirmou o atacante após o último jogo pelo Athletico.

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Vitor Roque passou cerca de dois meses fora de ação, enquanto se recuperava de uma lesão no tornozelo. O atacante voltou a campo contra o Vasco, depois enfrentou seu ex-clube, o Cruzeiro, e marcou o gol do Athletico no empate. Ao todo, foram 81 partidas em cerca de 18 meses no clube, ele marcou 28 gols com a camisa do Furacão. Nesta temporada, foram 21 gols em 45 jogos.

Vitor Roque saiu como a venda mais cara da história do clube. O Athletico receberá a quantia fixa de 40 milhões de euros (mais de R$ 210 milhões), além de 21 milhões de Euros (cerca de R$ 110 milhões na atual cotação) em bônus por meta. Além disso, o Furacão ficou ainda com 20% dos direitos econômicos de Vitor Roque.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo