Futebol Internacional

Sergi Barjuán fala sobre chance de comandar o Barcelona e lamenta empate

FOTO: DIVULGAÇÃO / BARCELONA

O Barcelona fez o seu primeiro jogo após a demissão de Ronald Koeman e coube ao interino Sergi Barjuán orientar a equipe no último sábado (30), diante do Alavés, no Camp Nou. Embora tenha buscado dar um novo ânimo aos jogadores e tentado mudanças, o treinador não conseguiu dar fim ao momento ruim do Barça, que mais uma vez não conseguiu vencer. O empate por 1 a 1 contra o Alavés aumentou para três o número de jogos em sequência sem conseguir vencer.

Após a partida, Sergi Barjuán falou ao “Movistar Plus” sobre a sua experiência frente ao elenco principal do Barcelona. Além disso, o treinador interino destacou tudo o que buscou fazer para que o Barça conseguisse ter um melhor rendimento durante o segundo tempo contra o Alavés.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

— Infelizmente não fomos recompensados por um trabalho bem executado. No segundo tempo buscamos corrigir algumas coisas que não fizemos vem durante a etapa inicial, mas numa jogada isolada eles conseguiram nos surpreender. O futebol funciona desta maneira e ficamos tristes por não atingir o objetivo — disse Barjuán, também falando sobre o pouco tempo de trabalho que teve para fazer o Barcelona evoluir.

— Eu tive pouco tempo para trabalhar. Procurei ordená-los a um nível ofensivo e defensivo e todos eles foram muito aplicados. Corrigimos erros de posicionamento, movimentações e outras questões que poderiam fazer a equipe evoluir. Mas quando não há um resultado positivo, fica difícil digerir tudo isso — afirmou Barjuán.

Como está no cargo apenas até o Barcelona acertar com um novo treinador, Sergi Barjuán ainda não sabe se estará no comando da equipe na próxima terça-feira (02), quando o Barça vai até a Ucrânia para encarar o Dínamo de Kiev, pela 4ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. A situação, no entanto, não incomoda o treinador, que já pensa o que poderá fazer de diferente no próximo compromisso.

— Isso não interfere no que penso. Criamos uma partida de maneira adequada, de posse e de equilíbrio entre as linhas. Farei o mesmo na terça-feira, se for mantido até lá. Vamos encontrar soluções e tentar reanimá-los. Dizer aos jogadores que eles são bons e que precisam acreditar mais nisso — finalizou Barjuán.

A diretoria do Barcelona ainda segue trabalhando na busca de um novo técnico e Xavi Hernández, atualmente no Al-Sadd, do Catar, é o que mais agrada. A imprensa espanhola acredita que o novo treinador chegue para comandar a equipe a partir de quinta-feira. Assim, Xavi faria sua estreia diante do Celta de Vigo, no próximo dia 06 de novembro.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top