Futebol Internacional

Sérgio Oliveira aceita oferta da Fiorentina, mas Porto rejeita liberação, diz jornal

FOTO: DIVULGAÇÃO / FC PORTO

A negociação entre o meia português Sérgio Oliveira e a Fiorentina ganhou mais um capítulo nesta quinta-feira (10). De acordo com as informações publicadas pelo jornal “A Bola”, o atleta já aceitou a oferta feita pelo clube italiano e espera sua liberação para viajar até a Itália e assinar o contrato. No entanto, o Porto, atual clube do jogador, segue irredutível quanto a sua liberação e só o deixará sair se o valor estipulado for oferecido pela Fiorentina.

De acordo com os principais veículos de imprensa da Europa, os italianos apresentaram uma proposta de cerca de 18 milhões de euros (R$ 111 milhões) pelo meia de 29 anos. A oferta do clube italiano agradou o atleta, assim como seus empresários, que viram uma boa possibilidade de colocar o jogador em uma liga de maior abrangência e retorno financeiro. No entanto, o valor ainda é considerado abaixo do ideal pelo Porto.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

A SAD (Sociedade Anônima Desportiva) do clube português, que é presidida por Pinto da Costa, se mantém irredutível e só deve aceitar a liberação do atleta por um valor aproximado de 20 milhões de euros (R$ 123 milhões). Sérgio Oliveira obteve grande destaque com a camisa do Porto na temporada passada, principalmente, nas boas atuações contra a Juventus, na Liga dos Campeões, que renderam ao clube uma histórica classificação para as quartas de final da competição.

Em destaque, o jogador foi lembrado pelo técnico Fernando Santos e está entre os escolhidos para disputar a atual edição da Eurocopa defendendo a seleção de Portugal. Esta será a primeira vez que o jogador vai disputar uma competição profissional defendendo o seu país. Anteriormente, o jogador só havia participado de torneios das categorias de base, incluindo as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.

Revelado pelo Porto, Sérgio Oliveira atuou no futebol português durante a maior parte de sua carreira, tendo passado ainda por Beira-Mar, Penafiel e Paços de Ferreira. Fora do país, o meia já defendeu o Mechelen, da Bélgica, o Nantes, da França, e o PAOK, da Grécia.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top