Corinthians

Sylvinho diz que Corinthians “precisa de algo mais” e lamenta eliminação na Copa do Brasil

Sylvinho

Após a eliminação na terceira fase da Copa do Brasil, diante do Atlético-GO na noite desta quarta (9), Sylvinho, técnico do Corinthians, concedeu entrevista coletiva e falou bastante sobre os problemas do time em campo, planejamento para temporada e destacou que o time ideal segue em construção.

– Em relação a entrega, raça, dedicação, não tenho nada o que dizer. Estamos em busca de uma construção de time, não é simples. Nos faltou, na eliminatória, algo. Quando falta algo temos que trabalhar e buscar alternativas. Vamos continuar seguindo em busca dessa construção desse time. O trabalho vai da parte defensiva, meio-campo, construção e finalização. Vamos trabalhar nos atletas, com vídeos, com amostragens, para estar corrigindo o que falta – afirmou Sylvinho.

+ Atuações ENM: Ataque pouco cria, passa em branco e Corinthians é eliminado da Copa do Brasil; veja as notas

Após perder por 2 a 0 na Neo Química Arena, o Corinthians não saiu do 0 a 0 no Estádio Olímpico de Goiânia. Com isso, já são 4 jogos com Sylvinho no comando, duas derrotas, um empate e uma vitória. Além disso, o time só marcou um gol, de pênalti.

Uma das grandes questões é a dos reforços. Ao menos na coletiva, o treinador não pareceu contar com isso:

– Está alinhado com a diretoria. São quatro jogos, tenho quase quinze dias no clube, embora conhecer muito, o que acelera processos. Mas enfim, é uma aresta que é superior, vamos seguir trabalhando. Estou contente com a entrega e determinação dos jogadores, principalmente hoje. Mas precisamos de algo mais, e vamos em busca disso. Por outro lado, nós temos que buscar meios para buscar um time ideal. O Corinthians não tem seus onze titulares. Temos jogadores que vão revezando nas posições. Vamos buscar os links ideais para ter melhores performances e resultados – analisou.

O técnico disse não estar satisfeito, mas já consegue ver alguns pontos de evolução.  – Estou trabalhando com os atletas, feliz com a entrega da grande maioria deles, não fiquei feliz um dos quatro jogos, mas eles têm entendido e tentado organizar da melhor forma possível. É o segundo jogo sem tomar gol. O trabalho é rápido, mas algumas coisas têm que ser colocadas. Estamos mais seguros na parte defensiva, temos que continuar trabalhando para melhorar outras partes do time.

Sylvinho também comentou algumas de suas escolhas na partida de hoje. Uma das mais questionadas foi a escolha de Araos para o lugar de Vital, em que Sylvinho negou que haja um titular definido. O uso de três volantes no time inicial também foi assunto.

– Eu estava explicando que o Vital era importante, artilheiro. Hoje entrou Araos, amanhã pode voltar ele, voltar Araos. Temos atletas próximos com características diferentes, vamos trabalhar para melhorar o time, sem compromisso individual com ninguém. Quando se fala em três volantes, é a consistência que encontramos para ficar no campo adversário. Não temos um meia para dar sustentação para dois volantes. Esses dois também temos buscado uma conexão entre eles, é importante ter equilíbrio, e se não encontramos em dois, encontramos em três. Com três, o Cantillo desenvolve mais o jogo dele, por isso temos buscado o Roni também.

Agora, só resta o Brasileirão: o Corinthians volta a campo no próximo sábado (12), para enfrentar o Palmeiras, às 19h (de Brasília), pela terceira rodada, no Allianz Parque. Sobre o dérbi, Sylvinho adiantou:

– Um jogo diferente, eu vivi, conheço a casa. Vai ser tratado dessa maneira. É pouco tempo, mas vamos trabalhar com o pouco tempo que temos. O jogo é diferente, é de um grande nível. Por outro lado, não trato em relação ao adversário. Nossa eliminação dói, um segundo jogo de entrega, mas faltou algo.

Para saber tudo sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top