Corinthians

Tiago Nunes entende críticas, mas ressalta: “Confio na palavra de Andrés”

Tiago Nunes Corinthians
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
— Continua depois da publicidade —

O Corinthians foi derrotado por 2 a 0 para o Palmeiras na Neo Química Arena, nesta quinta-feira (10), em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Em coletiva de imprensa, Tiago Nunes ressaltou que entende os protestos, mas declarou que confia na palavra da direção.

— Eu sou um profissional que não tenho por hábito desistir. Estou me esforçando ao máximo para conquistar a confiança de todos. Confio no que a direção falou. Mas não quer dizer que não possa existir uma mudança. Temos que focar no próximo jogo. Vou olhar para as soluções caseiras para encontrar melhora comportamental para representar a camisa do Corinthians — disse o treinador.

No primeiro tempo houve equilíbrio na posse de bola, mas o Palmeiras foi superior em chances criadas. Aos 41 minutos, Fagner colocou a mão na bola dentro da área e foi expulso, fato que comprometeu o restante do gol. Luiz Adriano converteu e o alviverde passou a dominar as ações.

Com um a mais, o time de Vanderlei Luxemburgo achou espaços e, em contra-ataque, marcou o segundo com Gabriel Veron. Danilo Avelar foi expulso e o Corinthians terminou o jogo com nove jogadores em campo.

O cargo de Tiago Nunes entrou em questão após o jogo. Imediatamente a direção garantiu o treinador no comando técnico. Ele ressaltou que confia na palavra do presidente Andrés Sanchez sobre sua permanência.

— Eu confio totalmente nas palavras do Andrés e na direção do clube, sempre tivemos um relacionamento muito transparente, e não só eles, que são homens experientes do futebol, mas os próprios atletas que têm uma bagagem grande, as pessoas do clube, temos inúmeros auxiliares, preparadores, pessoas que são do futebol há muitos anos, e que tem condição de avaliar a qualidade de um trabalho — afirmou Tiago Nunes.

Após a derrota no Derby, houve fortes protestos da torcida do Corinthians. O treinador preferiu adotar um pensamento de compreensão pelo momento vivido.

— Não tenho como condicionar torcida a nada. Tem a capacidade de pensar por si só. Tenho que tentar seguir fazendo meu trabalho. Não posso exigir confiança em mim ou na equipe neste momento. Ainda mais depois de perder clássico em casa, mesmo com um a menos. Só com vitórias vou corresponder expectativa do torcedor. É seguir trabalhando — falou Tiago Nunes.

O próximo jogo do Corinthians é no domingo (13), às 16h (de Brasília), fora de casa, contra o Fluminense. O alvinegro soma nove pontos e ocupa a 13ª posição do Campeonato Brasileiro.

Confira a entrevista na íntegra:

Para saber tudo sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo