Corinthians

Organizadas do Corinthians protestam após derrota: “Fora todo mundo”

Twitter/Vessoni
— Continua depois da publicidade —

Nesta quinta-feira (10), o Corinthians perdeu para o Palmeiras na Neo Química Arena por 2 a 0. A derrota irritou torcedores do Alvinegro, que perderam a paciência e foram até o estádio protestar. Diretoria, técnico e jogadores foram altamente criticados e ninguém passou impune da manifestação.

Os torcedores, em grande parte das organizadas, se concentraram ao redor do estádio, mais precisamente no portão que dá acesso aos ônibus das delegações. Os gritos e xingamentos demonstraram a insatisfação com a má fase vivida pelo time “vergonha, time sem vergonha” cantavam em coro.

Até jogador que não estava em campo foi alvo dos cantos indignados “Que decepção ver o Luan jogar do Coringão”. E nem mesmo Cássio, ídolo da Fiel Torcida foi poupado “P… que saudade quando o Cássio jogava com vontade” exclamavam.

Além desses, um dos gritos mais entoados foi contra Tiago Nunes, principalmente pedindo a saída do técnico “Tiago Nunes, c…, fora do Timão”; “Alô, Tiago, vai se f.., pega o Camacho e leva com você” esbravejaram os torcedores.

A diretoria do Corinthians também foi muito citada, especialmente o atual presidente Andrés Sanchez “Alo Andrés, quebra meu galho, pega seu time e vai pra casa do c…”; “Alô Andrés, vai se f.., cadê o time que você me prometeu”. Gil, Avelar e Ramiro também foram incluídos nos cantos e xingamentos.

A Polícia Militar estava nos arredores e fez uso de bombas de lacrimogênio para dispersar os torcedores, que estavam disparando fogos de artifício.

A diretoria do clube havia garantido a permanência do treinador antes do clássico e Tiago Nunes falou sobre isso em entrevista coletiva pós-jogo.

O Corinthians volta a campo no próximo domingo (13), às 16h00 (de Brasília), contra o Fluminense, no Maracanã.

Para saber tudo sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo